Outras

Col vê CBA atuante, mas diz que situação dos autódromos brasileiros é “bastante preocupante”

Carlos Col expressou sua preocupação com os autódromos brasileiros. Apesar de ver um grande trabalho da CBA em fiscalizar os circuitos, apontou como o país perdeu tantas praças sem serem repostas, além de apresentarem problemas de segurança, por exemplo
Warm Up / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
Carlos Col expressou sua preocupação com a atual situação dos autódromos brasileiros. Com relação bastante forte com o automobilismo do país, atuando na Copa Truck, e mais recentemente na Stock Car, afirmou que os circuitos deixam a desejar em pontos como a segurança.
 
Não é preciso voltar muito no passado para topar com situações problemáticas das praças nacionais. Um grande exemplo é a reforma parada do circuito de Brasília, que está fechado desde 2014 e perdeu a oportunidade de receber a Indy. Outro episódio foi a destruição de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.
Carlos Col (Foto: Duda Bairros/Stock Car/Vipcomm)
O dirigente então apontou como esses fatos chegam a preocupar, apesar da CBA estar atuando para melhorar o cenário. “[A situação é] Bastante preocupante, temos perdido autódromos, estamos na eminencia de perder o de Curitiba. Tem também o de Brasília que está parado, mas tem processo de retomada, é provável que se retome o autódromo”, falou ao GRANDE PRÊMIO.
 
“Perdemos Jacarepaguá, e o governo está com a promessa de construir outro, mas até agora não saiu nada. É lamentável isso. Mas por outro lado apareceu Curvelo, que embora numa praça distante, é uma boa opção. Os outros autódromos estão defasados em questão de estrutura de segurança”, continuou.
 
“Os carros vão evoluindo, portanto, a segurança tem ficado defasada. Mas isso é um ponto positivo da CBA, que está focando na fiscalização e homologação voltada para a segurança. Mas isso não é uma tarefa fácil, já que as obras são caras. Existe a necessidade de fazer exercício muito grande de gestão da CBA para buscar parceiros”, concluiu.
 
Col falou mais sobre o atual cenário do automobilismo brasileiro no texto “A profissão piloto no Brasil”. Para ler o material completo, clique aqui.