Outras

Em busca de 18 pilotas, W Series divulga lista de 55 candidatas com Jordá e brasileira Tomaselli

A W Series, primeiro campeonato exclusivamente feminino, já tem um grupo de 55 pilotas. Através de testes, 18 serão selecionadas para formar o grid do campeonato. A lista traz Carmen Jordá e uma brasileira – Bruna Tomaselli, do Road to Indy
Warm Up / Redação GP, de Berlim
 O carro da nova W Series (Foto: Divulgação)
A W Series, primeiro campeonato exclusivamente feminino do automobilismo, já tem uma lista de postulantes às vagas da temporada inaugural, em 2019. A organização divulgou na manhã desta quarta-feira (28) uma lista com o nome de 55 pilotas, das quais 18 vão ser escolhidas para formar o grid.
 
O grupo inicial de pilotas é dos mais diversos, trazendo representantes de campeonatos de F4, do Road to Indy e do turismo. O nome mais famoso na lista é o de Carmen Jordá, que chamou atenção por ser uma das mulheres favoráveis ao conceito de ‘F1 de saias’ – um campeonato exclusivamente feminino, ‘segregando’ gêneros ao invés de apostar em disputas de igual para igual. Para o público brasileiro, o destaque é Bruna Tomaselli, pilota de 21 anos que em 2018 disputou a temporada da USF2000, uma das categorias formadoras da Indy.
 
A lista de 55 candidatas já representa a eliminação de parcela considerável dos interessados iniciais – a organização do campeonato falou em mais de 100 pilotas se inscrevendo para formar a lista inicial. Os motivos para o primeiro corte no grupo não foram divulgados.
 
“Estamos empolgados com o retorno, mas talvez não surpresos”, disse a fundadora da W Series, Catherine Bond Muir. “Ainda hoje temos um grande desequilíbrio entre sexos no automobilismo e a W Series está dando o primeiro passo para corrigir isso. Pilotos do mundo inteiro estão dando esse passo adiante, então fica claro que, com o ambiente certo, podemos fazer as mudanças que esse esporte precisa desesperadamente”, seguiu.
Carmen Jordá é uma das 55 pilotas em busca de vaga na W Series (Foto: Lotus)
O grupo de 55 candidatas agora passa por processo seletivo que, de acordo com a premissa da W Series, só vai levar o talento em conta. Testes em simuladores vão ajudar a determinar as 18 titulares da temporada 2018.
 
A temporada de estreia da W Series vai competir nos mesmos fins de semana que o DTM, agindo como campeonato suporte. São seis corridas no campeonato inaugural.
 
Confira a lista de 55 pilotas:
 
Ayla Agren, 25, Noruega
 
Amna Al Qubaisi, 18, Emirados Árabes Unidos
 
Chelsea Angelo, 22, Austrália
 
Carmen Boix, 23, Espanha
 
Sarah Bovy, 29, Bélgica
 
Toni Breidinger, 19, Estados Unidos
 
Ivana Cetinich, 22, África do Sul
 
Jamie Chadwick, 20, Reino Unido
 
Veronika Cicha, 31, Tchéquia
 
Sabre Cook, 24, Estados Unidos
 
Courtney Crone, 17, Estados Unidos
 
Natalie Decker, 21, Estados Unidos
 
Mira Erda, 18, Índia
 
Carlotta Fedeli, 26, Itália
 
Cassie Gannis, 27, Estados Unidos
 
Marta Garcia, 18, Espanha
 
Michelle Gatting, 24, Dinamarca
 
Angelique Germann, 27, Alemanha
 
Megan Gilkes, 17, Canadá
 
Samin Gomez, 26, Venezuela
 
Grace Gui, 27, China
 
Michelle Halder, 19, Alemanha
 
Esmee Hawkey, 20, Reino Unido
 
Jessica Hawkins, 23, Reino Unido
 
Shea Holbrook, 28, Estados Unidos
 
Carmen Jorda, 30, Espanha
 
Vivien Keszthelyi, 17, Hungria
 
Emma Kimilainen, 29, Finlândia
 
Natalia Kowalska, 28, Polônia
 
Stephane Kox, 24, Holanda
 
Miki Koyama, 21, Japão
 
Fabienne Lanz, 32, África do Sul
 
Milla Mäkelä, 25, Finlândia
 
Alexandra Marinescu, 18, Romênia
 
Milou Mets, 28, Holanda
 
Sheena Monk, 29, Estados Unidos
 
Sarah Moore, 25, Reino Unido
 
Marylin Niederhauser, 22, Alemanha
 
Tasmin Pepper, 28, África do Sul
 
Vicky Piria, 24, Itália
 
Taegen Poles, 20, Canadá
 
Alice Powell, 25, Reino Unido
 
Charlotte Poynting, 20, Austrália
 
Naomi Schiff, 24, Bélgica
 
Carrie Schriener, 20, Alemanha
 
Sharon Scolari, 23, Suíça
 
Doreen Seidel, 33, Alemanha
 
Siti Shahkirah, 24, Malásia
 
Sneha Sharma, 28, Índia
 
Bruna Tomasell, 21, Brasil
 
Shirley Van Der Lof, 31, Holanda
 
Beitske Visser, 23, Holanda
 
Fabienne Wohlwend, 21, Liechenstein
 
Caitlin Wood, 21, Austrália
 
Hanna Zellers, 21, Estados Unidos