FIA elege Ben Sulayem como novo presidente e encerra ‘Era Todt’ após 12 anos

Mohammed Ben Sulayem será o primeiro presidente não-europeu da FIA e, à reboque, traz de volta o grupo de Bernie Ecclestone, nomeando a esposa do britânico, Fabiana Flosi, como #2 do esporte na América do Sul

A FIA tem um novo presidente. O terceiro mandato de Jean Todt chegou ao fim, o que encerra um período de 12 anos em que esteve à frente da federação reguladora do automobilismo internacional. Nesta sexta-feira (17), Mohammed Ben Sulayem foi eleito novo presidente após eleição realizada durante a Assembleia Geral da FIA, em Paris.

Sulayem obteve 61,6% dos votos e venceu Graham Stoker, ex-vice presidente de esportes sob a batuta de Todt e apoiado pelo francês, portanto, o candidato da situação. Ben Sulayem tem 60 anos e nasceu em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

“Estou realmente honrado por ser eleito presidente da FIA. Muito obrigado! Estou impactado pela confiança que demonstraram em mim e na minha equipe. Prometemos governar pelo interesse de todos os membros”, disse o novo mandatário da entidade.

“Gostaria de prestar meu tributo a Jean Todt pela liderança nos últimos 12 anos e parabenizar Graham Stoker pela campanha. Estamos ansiosos para trabalhar com todos interessados na melhor versão desta federação que todos amamos”, seguiu.

Mohammed Ben Sulayem foi eleito novo presidente da FIA (Foto: Reprodução/Twitter)

Entre os membros do grupo anunciados por Sulayem para o novo governo está a brasileira Fabiana Flosi, que será vice-presidente de esportes para a América do Sul. Fabiana, que tem em seu quadro de méritos próprios muito tempo como parte importante da organização do GP do Brasil e faz parte de comissões da FIA como a de Mulheres no Esporte a Motor e de Velocidades em Terra, é casada com Bernie Ecclestone, ex-todo poderoso da F1.

O apoio de Ecclestone é um fato importante no jogo político da FIA e a presença de Fabiana em um cargo de tanta relevância mostra as mudanças de vento na nova direção da entidade.

“Um capítulo chegou ao fim. Podemos ficar coletivamente satisfeitos com o que alcançamos no esporte a motor, segurança e mobilidade sustentável nos últimos 12 anos. Gostaria de agradecer calorosamente à minha equipe, nossa administração e nosso Clube de Membros pelo compromisso inabalável, entusiasmo e resiliência”, falou Todt.

“Ofereço os parabéns a Mohammed pela eleição como presidente da FIA e desejo a ele, sua equipe e a federação o maior sucesso pelos próximos anos”, continuou.

Sulayem fez carreira como piloto de rali, vencendo o Campeonato de Rali do Oriente Médio em 14 oportunidades. Depois, foi eleito para o Conselho Mundial da FIA e já chegou a ter um período como vice de esportes da federação. Sulayem será o primeiro presidente não-europeu da FIA.

LEIA TAMBÉM
Mercedes encerra protesto e parabeniza Verstappen, mas pressiona FIA por clareza
Mercedes diz que “interpretação freestyle” da regra fez Hamilton “alvo fácil” em Abu Dhabi
Mercedes evita fadiga inútil nos tribunais e acumula poder na F1 com vantagem sobre FIA
Presidente da FIA vê F1 “muito permissiva” com críticas: “Ninguém é perseguido”

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar