GP3: Abt vence em meio ao caos de Monza e pode roubar título de Evans neste domingo

Daniel Abt venceu a conturbada etapa de Monza da GP3 e se colocou na disputa pelo título da categoria, já que Mitch Evans, Antonio Félix da Costa e Aaro Vainio tiveram problema durante a corrida e não pontuaram

Ainda não foi dessa vez que o título da temporada 2012 da GP3 foi definido. Neste sábado (8), na Itália, em uma corrida imprevisível, Daniel Abt viu todos os rivais terem problemas, recebeu a bandeira quadriculada na frente e se tornou o único piloto capaz de tirar a taça de campeão de Mitch Evans, o ainda líder do campeonato.

As emoções começaram antes mesmo de os carros chegarem à primeira curva de Monza. Mesmo largando na pole-position, Evans tracionou mal e permitiu que Antonio Félix da Costa –o maior rival na luta pelo título – o ultrapassasse. No entanto, quem se deu ainda melhor foram Matias Laine e Tio Ellinas, que optaram pela trajetória de fora na primeira chicane e assumiram as primeiras colocações.

Só que os dois ponteiros quase se tocaram, obrigando Félix da Costa e Evans a desviarem pela grama. O luso ainda conseguiu sair na segunda posição, mas o neozelandês acabou danificando o carro ao passar pelas zebras, caindo para o sétimo posto. Em seguida, na Curva Grande, o protegido de Mark Webber escapou, desabando para o final do pelotão. Por causa de todos os problemas no carro, o piloto recolheu para os boxes e abandonou a corrida.

Daniel Abt é o único que pode tirar o título de Mitch Evans (Foto: GP3)

Para piorar a situação de Evans, Félix da Costa ultrapassou Laine e assumiu a primeira posição logo no início da segunda volta. Apesar do bom desempenho do carro da Carlin, o português nada pôde fazer para segurar a pressão dos adversários da Lotus GP. Em duas voltas, Daniel Abt conseguiu a ultrapassagem para pular para a liderança, enquanto Aaro Vainio repetiu o movimento, subindo para o segundo posto.

O piloto luso até tentou dar o troco no finlandês ao literalmente empurrar o carro do rival na reta principal – a exemplo do que fazem os carros da Nascar –, mas acabou ficando momentaneamente no terceiro posto. Momentaneamente porque duas curvas mais tarde um problema na caixa de câmbio fez com Félix da Costa perdesse rendimento, caindo para o 19º posto. O piloto precisou estacionar o carro e religá-lo – um verdadeiro Ctrl + Alt + Del – para resolver a falha.

Quem se deu bem com o problema do luso foi Tio Ellinas, que subiu para terceiro e passou a pressionar Vainio. Com um carro muito mais rápido, o cipriota realizou a ultrapassagem, mas sem conseguir se aproximar de Abt. Mesmo tendo perdido a posição, era o piloto finlandês quem se aproximava o título devido aos infortúnios de Evans e de Félix da Costa.

No entanto, na penúltima volta, o acidente de Dmitry Suranovich – que brigava pela décima colocação – acabou decidindo o resultado final da corrida. A bandeira amarela foi acionada na Parabolica, impedindo que os pilotos ultrapassassem no local. Dessa forma, Daniel Abt não teve problemas para receber a bandeira quadriculada na frente, seguido por Ellinas.

O problema ficou com Vainio, que acelerou tudo para cravar a melhor volta – e somar dois preciosos pontos na briga pelo título. Porém, assim que cruzou a linha de chegada em terceiro, a direção de prova anunciou que o nórdico foi punido em 20s por ter ignorado as bandeiras amarelas. Dessa forma, o finlandês ficou classificado em apenas 11º, dando adeus às chances de erguer a taça de campeão.

Assim, Matias Laine foi promovido ao terceiro posto, seguido por Conor Daly e Patric Niederhauser. David Fumanelli, Marlon Stockinger, Giovanni Venturini, Tamas Pal Kiss e Will Buller completaram o grupo dos dez primeiros. O brasileiro Fabiano Machado abandonou ao se envolver em um acidente ainda nas primeiras voltas.

Com os resultados, mesmo com todos os problemas, Evans detém uma vantagem de 14 pontos para Abt, levando em conta que 17 estarão em jogo neste domingo. Assim, o alemão precisa vencer neste domingo, com o adversário sendo no máximo oitavo colocado, ou terminar em segundo, somar os dois pontos pela melhor volta e ver o rival novamente não pontuar.

GP3, Monza, corrida 1:

8 gp3

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube