GP3: Ceccon supera Ellinas em 1s e domina segundo dia de treinos em Jerez. Costa é terceiro

Kevin Ceccon contou com a sorte e terminou o segundo e último dia de treinos da GP3 com 1s de vantagem para Tio Ellinas. Apesar do bom resultado do italiano, a grande vantagem do piloto foi ter visto a chuva chegar na hora certa

Kevin Ceccon confirmou o favoritismo e terminou o segundo dia de treinos da GP3, nesta quinta-feira (25), em Jerez de la Frontera, com uma respeitável vantagem de 1s para Tio Ellinas. A terceira colocação nas atividades ficou com o brasileiro Nicolas Costa, que concluiu 1s225 atrás do italiano.

Antes de tudo isso, o segundo dia de treinos começou com muita chuva, então os pilotos praticamente só puderam completar voltas de instalação no início da sessão. Aos poucos, conforme o asfalto ia secando, Alex Fontana assumiu a primeira colocação até ser superado por Ceccon. Com pneus mais novos, Emanuele Zonzini colocou as cores de San Marino na frente, com Nick Cassidy pulando para o terceiro lugar.

Nicolas Costa terminou em terceiro com o carro da Marussia Manor (Foto: GP3)

A partir daí, a chuva voltou a cair, dando números finais ao treino. Zonzini encerrou na frente ao marcar 1min46s288, sendo 0s2 mais veloz que Ceccon. Cassidy foi o terceiro, seguido por Roman De Beer e David Fumanelli. Nicolas Costa terminou em 14º. Os instantes finais da sessão matutina ainda foram marcados pelas rodadas de Miki Weckstrom e Patryk Szczerbinski.

No período da tarde, o sol voltou a brilhar no circuito andaluz, e todos os pilotos puderam melhorar o tempo. Com isso, quem iniciou na frente foram os pilotos da Carlin, representados por Jack Harvey – atual campeão da F3 Inglesa – e Josh Webster. No entanto, foi questão de tempo para que Robert Visoiu, Tio Ellinas e Ceccon entrassem na briga pela liderança.

O novato Melville McKee também chegou a liderar, antes que Ceccon e Giovanni Venturini voltassem a brigar pela ponta. No final, o italiano da MW Arden – testando com o mesmo carro usado por Mitch Evans no título de 2012 – terminou com o melhor tempo ao cravar 1min39s263 e sendo mais de 1s mais rápido que Tio Ellinas, o segundo colocado.

Ceccon, na verdade, também contou com a sorte para ficar com a primeira colocação. Afinal, quando a maior parte dos adversários colocou pneus novos, a chuva voltou a atingir o circuito espanhol e ninguém pôde melhorar o tempo. Com isso, Costa foi o terceiro, seguido por De Beer e Cassidy.

A GP3 agora faz uma pausa e volta às pistas nos dias 6 e 7 de novembro, no Estoril.

GP3, Jerez de la Frontera, treinos coletivos, dia 2, soma dos tempos:

 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube