GP3: de olho no título, Evans lidera treino livre em Monza e vê rival Félix da Costa apenas em 15º

Mitch Evans foi o mais rápido no treino livre para a etapa de Monza da GP3. O neozelandês cravou o tempo de 1min44s477 e viu Antonio Félix da Costa, o maior rival na luta pelo título, terminar somente com o 15º posto

Mitch Evans deu um passo importantíssimo rumo ao título da GP3. Nesta sexta-feira (7), o neozelandês foi o mais rápido no treino livre para a etapa decisiva de Monza, ao cravar o tempo de 1min44s477. Principal rival na luta pelo campeonato, Antonio Félix da Costa terminou apenas com a 15ª posição, 1s3 atrás do adversário.

Desde a metade da sessão, Evans se colocou na briga pela ponta. O protegido de Mark Webber chegou a assumir a primeira colocação com pouco mais de 20 minutos de treino, mas acabou superando por Tamas Pal Kiss e por Aaro Vainio.

Mitch Evans é o favorito para ficar com a taça da GP3 (Foto: GP3)

Apesar disso, Evans se recuperou e cravou a volta rápida quando faltava apenas um minuto para a bandeira quadriculada ser acenada. Matias Laine, que venceu pela primeira vez na categoria na última semana, em Spa-Francorchamps, encerrou com o segundo tempo, completando a dobradinha da MW Arden.

Ainda com chances de título, Vainio ficou com a terceira colocação, enquanto David Fumanelli foi o quarto. Daniel Abt concluiu em quinto, seguido pelo surpreendente Dmitry Suranovich.

Depois de desafiar Evans pela liderança, Pal Kiss não conseguiu melhorar o tempo e completou apenas na sétima posição. O problema é que o húngaro se envolveu em um acidente com Fabiano Machado e acabou punido pela direção de prova com a perda de dez posições no grid de largada.

Giovanni Venturini, Will Buller e Robert Visoiu completaram o grupo dos dez primeiros colocados. Mesmo com a batida, Machado encerrou com o 20º posto.

Neste sábado, a GP3 realiza o treino classificatório, além da primeira prova da etapa de Monza, que pode coroar Mitch Evans como campeão.

GP3, Monza, treino livre:

 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube