Grande nome do automobilismo brasileiro, Emílio Zambello morre aos 88 anos em São Paulo

O ex-piloto ítalo-brasileiro Emílio Zambello morreu aos 88 anos em São Paulo. As causas do falecimento não foram divulgadas.

Emílio Zambello morreu nesta quarta-feira (15), em São Paulo. O ex-piloto e um dos maiores nomes do automobilismo brasileiro tinha 88 anos e tinha passado por uma cirurgia no intestino há dois meses. 

Zambello nasceu em Pádua, na Itália, mudando-se para o Brasil, mais precisamente para o centro de São Paulo, aos 23 anos de idade. Um ano após chegar ao Brasil, começou a produzir carros de corrida em uma garagem na região da Rua 25 de Março, ao lado do amigo Rogério Peruzo. Para poder entregar seus carros, Emílio realizava testes nos finais de semana em Interlagos. Porém, depois de perceber que conseguia tempos mais velozes que os próprios pilotos, o ítalo-brasileiro resolveu começar a participar de algumas corridas. Na Itália, Zambello já havia competido no ciclismo e na motovelocidade.  

Emílio Zambello (dir.) morreu aos 88 anos em São Paulo. Ex-piloto, era presidente do ACP. (Foto: Silvia Linhares)

Como piloto, foram 20 anos de carreira, entre 1951 e 1971, dividindo pistas com grandes nomes do automobilismo brasileiro, como Wilson e Emerson Fittipali, José Carlos Pace, Abílio Diniz e outros. Teve como resultado mais marcante a vitória nas 24 horas de Interlagos, em 1966, ao lado do parceiro Ubaldo Cesar, no comando de um Alfa Romeo.
 
Em 1993, foi eleito presidente do Automóvel Clube Paulista, tendo sua gestão marcada pelo resgate dos 500 km de Interlagos, prova tradicional que completou 50 anos em 2007.

Zambello foi enterrado nesta quinta-feira no Cemitério do Morumbi.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube