Outras

Hexacampeão da V8 Supercars, Whincup é mordido por cobra píton em anúncio de renovação de patrocínio

Jamie Whincup foi mordido por uma píton durante o evento da Red Bull que marcava o anúncio da renovação de contrato com o experiente piloto australiano da V8 Supercars

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Era apenas o anúncio de renovação de contrato, mas como era com a Red Bull, sempre pode acontecer algo mais emocionante. Jamie Whincup sentiu isso literalmente na pele. O hexacampeão da V8 Supercars foi mordido por uma cobra durante o evento realizado nesta quinta-feira (5) no zoológico de Sydney.

Para promover a renovação do patrocínio até 2018, acharam que seria interessante enrolar uma píton no pescoço do piloto. O réptil atacou a mão de Whincup e só desgrudou após paciência e água fria.

"Doeu demais", admitiu Whincup, jorrando sangue na mão e aliviado que a píton, de cabeça preta, não é venenosa. Ainda assim, o australiano manteve o bom humor. "Acho que eu forcei um pouco a amizade..."
Whincup e a cobra no anúncio da renovação (Foto: Red Bull Racing)
Whincup renovou o acordo com a Red Bull Racing por mais quatro temporadas. 2015 vai ser a décima de um dos mais bem sucedidos pilotos do campeonato australiano de turismo.

Desde 2008, Whincup só perdeu o campeonato de 2010, quando ficou em segundo, superado por James Courtney.

O australiano participou da Corrida dos Campeões em 2014, em Barbados, e caiu nas semifinais, sendo derrotado pelo campeão David Coulthard.




 

Bucket list stuff today, just got bitten by a snake 🐍

Uma foto publicada por Jamie Whincup (@jamiewhincup) em

ANÁLISE

Uma Ferrari melhor, mas até que ponto competitiva? Dá para confiar nos tempos da Sauber? Por que a Williams andou pouco? E a McLaren-Honda vai conseguir chegar à primeira corrida com um carro melhor do que este? Enviado especial a Jerez de la Frontera, Renan do Couto faz um balanço da primeira semana de testes da F1 nesta pré-temporada 2015.
 
Leia a análise completa do primeiro teste da F1 no GRANDE PRÊMIO.
AGORA VAI

Com a versão 2015 da YZR-M1, Jorge Lorenzo voltou a mostrar um ritmo forte nesse segundo dia da primeira bateria de testes da pré-temporada da MotoGP e foi o único a completar os 5.543 km da pista de Sepang em menos de 2min. Ainda sem a nova versão da Desmosedici, Andrea Dovizioso aparece em segundo, com o campeão vigente Marc Márquez fechando a lista dos três melhores.
 
Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.
LADO A LADO: ÁFRICA X AMÉRICA DO SUL

Maior prova off-road do mundo, o Rali Dakar nasceu na África, mas se mudou para América do Sul ainda na primeira década dos anos 2000 fugindo dos conflitos que assolam a região. Com a mudança, a prova perdeu em distância e duração, mas viu um aumento no número de participantes e encontrou um novo lugar para chamar de lar.
 
Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.