Piloto finge desmaio para provocar bandeira vermelha em etapa do GP Gaúcho de Motovelocidade

Marlinton dos Reis Teixeira, conhecido como Kalunga, simulou um desmaio após sofrer uma queda para provocar uma bandeira vermelha na classe 250 e 300cc da etapa de Santa Cruz do Sul do GP Gaúcho de Motovelocidade. Piloto foi banido da categoria

No último domingo (16) o GP Gaúcho de Motovelocidade esteve no circuito de Santa Cruz do Sul para a realização da quarta etapa do calendário de 2012 da categoria e a disputa na classe 250 e 300cc ficou marcada por uma cena inusitada.

Marlinton dos Reis Teixeira, conhecido como Kalunga, sofreu uma queda e, depois de tentar em vão voltar à corrida, se jogou no meio da pista e fingiu um desmaio para provocar uma bandeira vermelha na prova.

Kalunga ficou deitado no asfalto enquanto os outros competidores ainda estavam na pista. Alguns pararam para ajudar o colega “ferido” até a chegada da ambulância.

O problema é que a farsa não durou muito, já que a prova estava sendo gravada. Flagrado, Marilton acabou banido do campeonato. 

O Grande Prêmio procurou a assessoria de imprensa do GP Gaúcho de Motovelocidade e foi informado que a organização do evento “encaminhou as imagens para a Federação Gaúcha de Motociclismo, que deve enviar para a Confederação Brasileira, para que todos fiquem cientes e tomem as devidas providências.”

O GP também procurou o presidente da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), Firmo Alves, para saber sobre a demora no procedimento de resgate. O presidente defendeu a atuação da organização do GP Gaúcho de Motovelocidade e afirmou que eles estavam cientes de que o piloto estava fingindo. 
 
“A equipe gaúcha que organiza o GP Gaúcho de Motovelocidade é a melhor e mais competente de todos os Estados”, afirmou. “Tenho convicção de que eles agiram corretamente e no tempo devido, por conta disso, a CBM não tomará nenhum tipo de medida punitiva contra a FGM [Federação Gaúcha de Motociclismo] e seus diretores”, continuou. 
 
“Entrei em contato com a Diretoria Técnica do GP Gaúcho, a mesma informou que próximo ao piloto tinha um fiscal de pista, que informava pelo rádio as “falsas atitudes” do piloto e que, na verdade, o socorro só foi ao local para retirar o piloto da pista, para não causar um verdadeiro acidente”, explicou. “Fica claro que o “atraso” questionado, fica agora definitivamente esclarecido e na visão técnica da CBM, voltamos a afirmar que a diretoria do GP Gaúcho agiu corretamente”, completou. 
 
Ainda, o presidente afirmou que Kalunga não receberá nenhum tipo de sanção por parte da entidade. “Este fato ocorreu no Campeonato Estadual de Motovelocidade do Rio Grande do Sul e não no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Caberá a Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM, tomar as devidas providências punitivas contra o piloto em questão”, concluiu. 
 

<A data-cke-saved-href="http://video.msn.com?vid=cf56b16a-1dd3-4de1-8393-6892ea36124e&mkt=pt-br&src=FLPl:embed:syndication:tag_recent&from=shareembed-syndication" href="http://video.msn.com?vid=cf56b16a-1dd3-4de1-8393-6892ea36124e&mkt=pt-br&src=FLPl:embed:syndication:tag_recent&from=shareembed-syndication" target="_new" title="Piloto finge desmaio para provocar bandeira vermelha em prova do GP Gaúcho de Motovelocidade">Vídeo: Piloto finge desmaio para provocar bandeira vermelha em prova do GP Gaúcho de Motovelocidade</A>

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube