Pizzonia segue na AutoGP e disputa rodada dupla de Sonoma, última de 2012, neste fim de semana

Depois de estrear com duas vitórias na etapa de Curitiba da AutoGP, Antonio Pizzonia resolveu continuar no certame para disputar a última etapa de 2012, em Sonoma, nos Estados Unidos

O intervalo entre a penúltima e a última etapas de 2012 da AutoGP foi grande. Dois meses se passaram desde que Antonio Pizzonia triunfou nas duas corridas da rodada dupla de Curitiba, em julho. Neste fim de semana, o brasileiro tentará estender esta sequência de vitórias na categoria de monopostos.

O piloto de 32 anos se acertou com a equipe Zele Racing, que não esteve na etapa brasileira da categoria, para participar do encerramento da temporada, em Sonoma, nos Estados Unidos. Em Curitiba, o manauara defendeu a equipe Ombra.

Pizzonia fez a festa no pódio com a bandeira brasileira em Curitiba (Foto: José Mário Dias)

Em suas passagens pela F1, Pizzonia competiu pelas equipes Jaguar e Williams, entre 2003 e 2005, sem disputar nenhum campeonato completo na categoria. Após deixar o Mundial de F1, ele chegou a competir no automobilismo norte-americano e participa, no Brasil, de provas da Stock Car e do GT Brasil.

O campeão da AutoGP já está definido. Foi aqui no Brasil, em julho, que o inglês Adrian Quaiffe-Hobbs comemorou a definição matemática do título ao seu favor. Nas seis corridas disputadas, ele venceu cinco vezes e somou 205 pontos. Pizzonia, com suas duas vitórias, é o nono colocado, com 25 pontos. Caso repita o desempenho de Curitiba, ele pode alcançar a quinta posição na tabela de classificação, mesmo participando de duas das sete rodadas duplas.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube