Vizinhos fazem campanha contra barulho e circuito de Mallory Park pode ser fechado

Moradores da região de Leicestershire, na Inglaterra, iniciaram uma campanha para ampliar as restrições de barulho na região, que poderiam resultar no fechamento do circuito de Mallory Park

 

Moradores da região de Leicestershire, na Inglaterra, iniciaram uma campanha para ampliar o rigor da lei do silêncio local, que pode acarretar no fechamento do circuito de Mallory Park. De acordo com notícias divulgadas na imprensa internacional, a redução nos limites de barulho permitidos, resultaria na diminuição das atividades no circuito, o que, por sua vez, tornaria economicamente inviável sua operação. 
Proprietários negaram que circuito esteja a venda (Foto: Twitter/ Mallory Park News)
Alguns rumores indicavam que o circuito havia sido colocado a venda por £ 8 milhões (aproximadamente R$ 23,6 milhões), mas Brian Robinson, da Titan Property Group, proprietária de Mallory Park, procurou a revista ‘Motorcycle News’ para negar a informação. 
 
Uma reunião entre os moradores locais para definir as novas restrições estava agendada para a última quarta-feira (6), mas foi cancelada após discussões entre várias partes terem resultado em uma reviravolta. 
 
Maiores detalhes sobre essas discussões não foram revelados, mas um porta-voz do circuito afirmou que “ocorreram negociações construtivas”. Outros detalhes devem ser revelados ao longo da semana.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube