F1 2020: a análise e a repercussão do LOUCO GP da Áustria | Briefing

O BRIEFING está de volta, agora com duas edições aos domingos, sempre no pré e no pós-corrida da F1 2020. O tema: o maluco GP da Áustria. A primeira corrida da temporada da Fórmula 1 mostrou que valeu a pena esperar por longos 217 dias. Foi um espetáculo, sobretudo na segunda metade da disputa, com […]

O BRIEFING está de volta, agora com duas edições aos domingos, sempre no pré e no pós-corrida da F1 2020. O tema: o maluco GP da Áustria.

A primeira corrida da temporada da Fórmula 1 mostrou que valeu a pena esperar por longos 217 dias. Foi um espetáculo, sobretudo na segunda metade da disputa, com polêmicas, boas disputas na pista, intervenções do safety-car e um pódio pra lá de improvável.

Valtteri Bottas partiu da pole-position e liderou de ponta a ponta, mas sofreu com a pressão imposta por Lewis Hamilton. Max Verstappen, maior aposta da Red Bull para a vitória, abandonou no começo. Alexander Albon, depois de uma mudança na estratégia, despontou com grandes chances, tentou ultrapassar Hamilton por fora, foi tocado e depois teve de abandonar.

Hamilton cruzou a linha de chegada em segundo, só atrás de Bottas, mas a punição de 5s o levou de segundo para quarto. Charles Leclerc, com a Ferrari, acabou em segundo, enquanto Lando Norris terminou no pódio. Carlos Sainz foi o quinto, seguido por Sergio Pérez. Sebastian Vettel, que rodou depois de tentar passar Sainz, acabou somente na décima posição.

Victor Martins, Evelyn Guimarães e Felipe Noronha debatem a primeira corrida da temporada e dão as notas para cada um dos pilotos em ação no Red Bull Ring.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube