Porsche

Academia Shell Racing fatura pódios com Ramos na Sprint Race e Zonta e Kaesemodel na Porsche Cup

Lico Kaesemodel e Ricardo Zonta faturaram o segundo lugar na Porsche Endurance Series em Goiânia, enquanto Diego Ramos conquistou dois pódios no Velo Città pela Sprint Race para a Academia Shell Racing

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
O final de semana foi bem movimentado para a Academia Shell Racing. Representada em três campeonatos diferentes, o projeto de desenvolvimento de pilotos mais bem-sucedido do Brasil buscou três pódios, sendo dois na Sprint Race com Diego Ramos e outro na Porsche Endurance Series com Lico Kaesemodel e Ricardo Zonta cruzando a linha final em segundo em Goiânia.
 
A Porsche Endurance Series teve sua segunda etapa e a Academia Shell Racing, com o carro #63 e a dupla paranaense, passou perto da vitória.
 
“Foi difícil. No último stint, o Jimenez conseguiu abrir nas primeiras voltas. No finalzinho ele ficou sem pneu e conseguimos encostar, se tivesse mais algumas voltas conseguiríamos passar ele", explicou Zonta.
Lico Kaesemodel e Ricardo Zonta no pódio (Foto: Luca Bassani)
Lico e Zonta largaram bem e ficaram o tempo todo oscilando entre as três primeiras posições, com Ricardo tendo assumido até a liderança durante a prova e, no fim, após Lico perder terreno para Jimenez, quase conseguido retomar a ponta.
 
“Foi bom, desde o começo estávamos competitivos. Eu e o Ricardo temos um ótimo entrosamento, é isso aí. A próxima é vitória, estamos quase", resumiu Lico.
 
Na Sprint Race, Ramos manteve a boa fase. O piloto de 16 anos ignorou o fato de ter corrido com lastro e tirou mais um pouco da distância para os dois primeiros colocados no campeonato.
Diego Ramos na Sprint Race (Foto: Rodrigo Guimarães)
Diego conseguiu dois pódios em sua categoria, ficando na quarta colocação geral na corrida 1 e, também, na corrida 2. Em ambas as provas o piloto ganhou posições em relação à largada.
 
“Foram duas corridas bem difíceis, estava correndo com um lastro de 25 kg por ser o terceiro do campeonato e nessa pista isso prejudica um pouco. Mas, graças a Deus conseguimos dois pódios, com dois terceiros lugares. Conseguimos somar bons pontos no campeonato, ficamos na frente do líder e do vice-líder e isso foi muito bom. Essa foi a primeira vez que andei aqui e a primeira vez que andei com o lastro. É uma pista muito técnica e difícil de guiar com lastro”, falou Ramos.
Gabriel Crepaldi em ação (Foto: Bruno Gorski)
Fechando as atividades da Academia Shell Racing no final de semana, Gabriel Crepaldi participou da Copa Brasil de Kart em Vespasiano, Minas Gerais. Gabriel até chegou a ocupar a liderança da corrida, mas o kart perdeu desempenho e o piloto fechou em oitavo.
 
“Minha participação na Copa Brasil não foi como eu esperava. Sentimos dificuldade nos treinos em acertar o kart, o motor e o traçado. Na tomada de tempo fomos quinto, um resultado positivo que mostrava que nós estávamos nos encontrando. Na primeira corrida terminei em quarto virando igual aos ponteiros, mesma coisa na segunda corrida, que terminei em quinto. Largamos em quarto na final, consegui fazer uma excelente largada pulando para a ponta, mas acabei perdendo rendimento e acabei chegando em oitavo. Quero agradecer a Academia Shell, minha equipe, ao meu mecânico Alex e ao fornecedor de motores e carburadores DTR, pelo esforço e dedicação ao longo da semana", comentou.