Porsche

Allgaier elogia “incrível e talentoso” Paludo e ressalta troca de experiências: “Nos ajudamos muito”

Justin Allgaier participou, em Goiânia, da segunda etapa da temporada 2018 da Porsche Endurance Series. Pelo terceiro ano, o norte-americano veio ao país para a prova de longa duração e dividiu o carro com Miguel Paludo, a quem encheu de elogios
Warm Up / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
Pelo terceiro ano consecutivo, Justin Allgaier deixou os Estados-Unidos por um final de semana para vir ao Brasil correr na Porsche Endurance Series. Em Goiânia, o piloto disputou a prova ao lado de Miguel Paludo, a quem ele teceu diversos comentários positivos.
 
A dupla já é velha conhecida das pistas. Além dos dois já terem passado pela Nascar – o norte-americano ainda segue na categoria e com ótimo desempenho, é a terceira vez que dividiram um carro para a categoria de longa duração.
 
“Ter Miguel é incrível. Ele é muito talentoso e uma ótima pessoa, me ajuda muito em conseguir a velocidade. Meu maior objetivo é, claro, ajudar Miguel a conseguir o campeonato, não apenas no Endurance, não apenas o individual, mas o geral. Eu coloco muita pressão em mim mesmo, não quero ser a razão de ele não vencer o campeonato, então é um grande desafio”, disse Allgaier ao GRANDE PRÊMIO.
Justin Allgaier (Foto: Reprodução)
“Nós temos muitas referências, discutimos muito entre nós e temos um estilo de pilotagem semelhante. Ajudo muito ele e ele me ajuda muito. Isso ajuda muito, ter um relacionamento com alguém que faz a diferença, isso é importante”, seguiu.
 
Na etapa de Goiânia, outros grandes pilotos com passagem pelo esporte norte-americano marcaram presença, como Max Papis. O italiano, inclusive, dividiu boxes com Justin. “É muito interessante que muitas pessoas da América estão aqui. [Papis] vive na América, Miguel ainda vive na América”, falou.
 
“Então, ter essa experiência com pessoas que já estiveram na Nascar é muito divertido. Dividi a garagem com ele e é muito divertido, ele é uma pessoa bastante engraçada e muito agradável de se ter por perto. É um momento muito bom”, continuou.
 
Por fim, Allgaier ressaltou como sua experiência na Nascar ajuda na Porsche. “Acredito que minha experiência na Nascar ajuda aqui, mas acredito que aqui também ajuda na Nascar. Minha pilotagem melhorou bastante desde que fiz minha estreia na Porsche, então acredito que é algo bom”, encerrou.