Porsche

Bruno Baptista cita “experiência única” em ser escolhido para fase global do Junior Program

Bruno Baptista recebeu uma oportunidade única na carreira. No final de outubro, vai para a Alemanha para participar da fase global do Junior Program, seletiva organizada pela Porsche. Escolhido no Brasil pelos chefes da Porsche Cup, o piloto não escondeu a satisfação pela experiência
Warm Up / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
Bruno Baptista vai ter uma grande chance em sua carreira. Disputando a Porsche Carrera Cup em 2018, o piloto foi selecionado para representar o Brasil na fase global do Junior Program, que acontece no final de outubro, na Alemanha.
 
Após preencher todos os requisitos técnicos, Bruno foi o nome selecionado para ir para a seletiva. No ‘sootout’, vai disputar contra 11 adversários de idades entre 18 a 26 anos, todos também indicados pelas categorias nacionais em que competem. No final, o prêmio é nada menos que uma vaga no programa mundial da marca, que presta apoio para corridas internacionais no ano que vem.
 
Baptista não escondeu a satisfação em fazer parte da seletiva. “Cada campeonato da Porsche ao redor do mundo selecionou um piloto e, aqui no Brasil, eu fui o selecionado. Eu estou desde o ano passado disputando o endurance, ano passado tive duas corridas, e nesse ano estou fazendo um bom trabalho na Porsche”, falou ao GRANDE PRÊMIO.
Bruno Baptista (Foto: Reprodução)
“Minha classificação na Porsche não é das melhores, mas tive um pouco de azar nas corridas, e minha performance geral fez a Porsche me selecionar aqui no Brasil para representar o país no shootout que vai ter lá fora na Alemanha”, seguiu.
 
“Esse balanço positivo nesse ano certamente vai me ajudar no meu teste, pois indo com a confiança que eu estou de todas as boas corridas que venho tendo, vai me ajudar bastante”, completou o piloto, que também está correndo na Stock Car, onde debuta nesta temporada como piloto da Hero.
 
Baptista seguiu seu discurso dizendo se sentir honrado por ter sido o selecionado no Brasil, independente se vai sair vitorioso ou não da seletiva. “Independente do resultado que tiver nesse teste da Porsche, só de estar presente, mostrar que fui um dos candidatos, mostrar meu potencial, é incrível”, afirmou.
 
“Isso vai ficar no meu currículo e vai ser uma experiência única e incrível que terei no meu currículo, muitos pilotos não tem e dificilmente terão. É incrível mesmo estar participando desse projeto”, completou.
 
Por fim, Baptista ressaltou a importância de programas de incentivo como o Junior Program e como ajudam os pilotos. “O Junior Program é muito importante para a formação do piloto. É uma formação muito boa, um aprendizado de vida muito grande e para a formação de piloto é excelente. É saber lidar com grandes empresas, saber representa-las e nos formar, esse Junior Program ensina tudo isso. Com certeza vai ajudar bastante no futuro”, encerrou.
 
Enquanto Bruno vai para a Alemanha para a fase global, a Porsche Cup está organizando a segunda edição do Junior Program brasileiro. No GRANDE PREMIUM, você encontra um material completo explicando sobre a seletiva.