carregando
Porsche

Bueno/De Barros surge no fim e termina treino da Porsche como melhor dupla

Cacá Bueno e Sylvio de Barros começaram a sexta-feira da Porsche Endurance Series com o pé direito. Em Interlagos, a dupla apareceu no fim, anotou a marca de 1min35s864 para terminar a sessão como a mais veloz do pelotão

Grande Prêmio / NATHALIA DE VIVO, de Interlagos
O início da tarde da sexta-feira (29) foi marcado pelo som dos motores acelerando. Em Interlagos, os pilotos foram para a pista para o ensaio livre antes da classificação para a etapa final da Porsche Endurance Series, e foi Cacá Bueno/Sylvio de Barros quem liderou a sessão.
 
O começo do treino foi bastante movimentado no autódromo paulista. Quem abriu as atividades foi Miguel Paludo, que anotou 1in38s611. Werner Neugebauer tinha 0s072 de atraso e se colocou em segundo, com Ricardo Baptista, Felipe Nasr e Filipe Albuquerque fechando o top-5 inicial.
 
Poucos minutos depois, foi a vez de Alan Helleister colocar seu Porsche na ponteira da tabela com 1min37s326. O companheiro de Justin Allgaier vinha em segundo, com Esteban Guerrieri sustentando a terceira colocação. Na classe 3.8, era William Freire quem ponteava.
 
Mas a sessão começou bastante animada em Interlagos. Com pouco mais de 15 minutos de relógio rodado, Bruno Baptista tratou de ser o mais veloz, mas não demorou muito para ver Lucas Di Grassi colocar o #27 na primeira posição com 1min36s729.
Cacá Bueno e Sylvio de Barros (Foto: Luca Bassani)
Pouco depois, Paludo voltou a ser o mais rápido, acompanhado por Bruno Baptista, Guerrieri, Di Grassi e Sylvio de Barros fechando os cinco mais velozes do momento.
 
Com pouco mais da metade da sessão completada, Allgaier, que assumiu o carro das mão de Paludo, liderava, com Felipe Baptista, Adalberto Baptista, Nasr, Di Grassi, Bueno, Vitor baptista, Seripieri, Neugebauer e JP Mauro completavam o top-10. O tempo a ser batido era de 1min36s251.
 
Últimos dez minutos de sessão e Rodolfo Toni se catapultou para a primeira colocação, batendo o antigo tempo em 0s169. Felipe Baptista era quem seguia a dupla, com Adalberto e Nasr fechando o top-5. Salas tratou de bater o #53.
 
Entretanto, já nos minutos finais, quem apareceu para liderar de forma definitiva o treino foi Cacá Bueno, que cravou 1min35s864. Guilherme Salas/Pedrinho Aguiar vieram na sequência, com Toni/Danilo Dirani, Paludo/Allgaier e Neugebauer/Ricardo Zonta fechando o top-5.
 
Na classe 3.8, quem ficou com o melhor tempo na sessão foi o trio Maurizio e Marco Billi e Gaetano di Mauro. Zeca Feffer/Cesar Raomos e Paulo Totaro/Renan Guerra completaram o rol dos três melhores.
 
GRANDE PRÊMIO traz cobertura in loco completa da última etapa da Porsche Endurance Series com a repórter Nathalia De Vivo e o fotógrafo Cauê Moalli. Acompanhe tudo aqui.