Porsche

De Barros lamenta erro e diz ter adotado postura conservadora no Velo Città: “Pensei no campeonato”

Sylvio de Barros não saiu de todo satisfeito com a etapa do Velo Città da Porsche GT3 Cup. Esperando já decidir o campeonato em Mogi Guaçu, acabou somando 23 pontos e deixando tudo para a última etapa, que ele acredita ser possível administrar para sair como o grande campeão de 2018
Warm Up / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
Sylvio de Barros bem que tentou, mas não foi no Velo Città que viu a temporada da Porsche GT3 Cup ser definida. Com chances de conquistar o título com uma etapa de antecedência, não teve o sábado dos mais positivos, apesar de conseguir mais alguns bons pontos para a classificação.
 
Na rodada dupla de Mogi Guaçu, o piloto, líder da classe 4.0 desde a primeira disputa do ano, teve de se contentar com uma sexta colocação na corrida 1 e um quarto posto na corrida 2. Com isso, somou 23 pontos.
Sylvio de Barros (Foto: Divulgação)
Agora, vai para a última etapa do campeonato, em Interlagos, com apenas 11 pontos de vantagem para o segundo colocado, algo que ele vê com cautela, mas possível de administrar. “Sem dúvida eu tomei um susto, estava bem mais confortável na liderança do campeonato. Aquele erro na primeira corrida foi muito ruim, terminei em sexto”, contou.
 
“Na segunda corrida fui bem mais conservador, pensei só no campeonato. Poderia ser mais agressivo, mas preferi pensar no campeonato, estamos com 11 pontos de vantagem e mais duas corridas. Temos que fazer as contas, mas dá para administrar nessas duas corridas”, completou.
 
A última etapa do campeonato de Sprint da Porsche Cup acontece em Interlagos. No dia 15 de novembro, a categoria monomarca desembarca em São Paulo para as decisões das quatro classes, na corrida que antecede a prova da F1.