Porsche

Marcel Coletta supera Ricardo Baptista e fecha final de semana da Porsche Cup com duas vitórias no Velo Città

Marcel Coletta se mostrou absoluto no sábado (1). No Velo Città, na segunda corrida do dia, o piloto mais uma vez fez sua estrela brilhar, superou Ricardo Baptista e conquistou sua segunda vitória da etapa. Na GT3 Cup 4.0, Sylvio de Barros subiu no degrau mais alto do pódio

Warm Up, de Mogi Guaçu / NATHALIA DE VIVO, do Velo Città
Marcel Coletta teve o final de semana dos sonhos no Velo Città. Neste sábado (1), na segunda corrida do dia da Porsche Cup, o piloto fez excelente largada, superou Ricardo Baptista pela ponta e conseguiu a segunda vitória da tarde.
 
O #177 havia triunfado na primeira disputa da etapa. Com isso, largou do oitavo posto na segunda prova do sábado. Com a largada autorizada, deu um grande salto no pelotão e foi para a segunda colocação, quando começou a pressionar o ponteiro.
 
Em determinado momento, então, conseguiu não só segurar os ataques de Miguel Paludo, como também assumiu a primeira colocação, de onde não saiu mais. Quem ficou em segundo foi Alceu Feldmann, com Ricardo, Miguel e Vitor Baptista completando o pódio.
 
Na classe GT3 Cup 4.0, foi Sylvio de Barros quem subiu no degrau mais alto do pódio após sair da pole-position. Rodrigo Mello ficou em segundo, com Marco Billi, Dominique Teysseyre e Foressi fechando o top-5.
Marcel Coletta (Foto: Porsche Cup)
Saiba como foi a corrida 2 da classe 4.0 no Velo Città:
 
A classe 4.0 da Porsche Cup voltou para a pista na tarde do sábado para a segunda corrida da terceira etapa. O sol ainda brilhava forte no céu e o calor se fazia bastante presente, com o termômetro atingindo 27ºC. O asfalto atingia 42ºC.
 
Com a inversão dos oito primeiros colocados da primeira prova do dia, quem saia na pole-position era Sylvio de Barros. Eloi Khouri era quem fechava a primeira fila, com a dupla seguida por Ricardo Baptista, Werner Neugebauer e Miguel Paludo.
 
Vitor Baptista, líder da classificação da Carrera Cup 4.0, saia da sexta posição do grid de largada. Marcel Coletta, que venceu a primeira disputa do final de semana, largou em oitavo.
 
Com as luzes apagadas e largada autorizada, Ricardo Baptista pulou para a ponta do pelotão. Quem fez excelente saída, saltando do oitavo posto para a segunda colocação. Paludo fechava o top-3 logo após o início.
 
Enquanto isso, Werner enfrentou problemas nos primeiros metros da disputa. O piloto acabou se acidentando, tocando em Eloi e Vitor e saiu da pista. Sem sequer conseguir completar a primeira curva, o piloto abandonou a corrida 2.
 
Após a primeira volta, a ordem na pista era Ricardo Baptista liderando o pelotão com 0s297 de vantagem, seguido por Marcel, Paludo, Alceu Feldmann e De Barros. Entretanto, enquanto o #177 tentava atacar o ponteiro, precisava se defender de Miguel.
 
Já na classe GT3 Cup 4.0, enquanto Sylvio sustentava a primeira colocação da categoria, Rodrigo Mello era o segundo, com Marco Billi, Dominique Teysseyre e Foressi completando o top-5.
 
Com 15 minutos para a bandeira quadriculada, Marcel Coletta estava cada vez mais próximo de Ricardo. O piloto estava com uma desvantagem de 0s226 para o primeiro colocado. Enquanto isso, Paludo tinha 0s465 de atraso para o #177.
 
Mais para trás, Vitor Baptista vinha escalando o pelotão. Com sete voltas completadas, o representante da Academia Shell Racing conseguiu dar o bote para conseguir ultrapassar Pedrinho Aguiar e assumir o quinto posto.
 
As coisas estavam bastante animadas dentro da pista. Em um lindo lance com menos de dez minutos para o final, Marcel conseguiu dar o lance em cima de Ricardo para tomar a ponta. Paludo tentou acompanhar, mas não conseguiu, e quem levou a melhor foi Alceu Feldmann, que pulou para a segunda posição.
 
Restavam sete minutos para a bandeira quadriculada e o #177 já havia aberto um respiro de 2s6 na ponta. Feldmann, Ricardo Baptista, Paludo e Vitor Baptista completavam os cinco primeiros daquele momento.
 
Enquanto isso, na classe GT3 Cup 3.8, De Barros seguia sustentando a primeira colocação da categoria, seguido por Mello, Marco Billi, Teysseyre e Foressi fechando o top-5.
 
Dali para o final, mais nada mudou no pelotão. Em dia absoluto, Marcel Coletta conquistou sua segunda vitória do dia. Feldmann foi o segundo, com Ricardo Baptista, Paludo e Vitor Baptista completando o top-5.