Porsche

Neugebauer assume ponta na largada, segura Vitor Baptista e vence corrida 1 da Porsche Cup em Curitiba

Werner Neugebauer começou o sábado com o pé direito em Curitiba. Na primeira corrida do dia da Porsche Cup, o piloto fez boa largada, assumiu a ponta e então apenas administrou para conquistar a vitória na Carrera Cup 4.0

Grande Prêmio / NATHALIA DE VIVO, de Curitiba
Werner Neugebauer começou o sábado (27) da Porsche Cup com o pé direito. Na corrida 1 da Carrera Cup 4.0, o piloto fez excelente largada, assumiu a ponta do pelotão e conquistou a vitória em Curitiba.
 
O #8 mostrou ótimo desempenho durante a corrida. Primeiro, se aproveitou dos erros de Marcel Coletta para conseguir abrir confortável vantagem na ponta. Depois, foi a vez de Vitor Baptista começar a pressionar.
 
Na parte final da disputa, o titular da Academia Shell Racing chegou a dar um bote bem perigoso em cima do adversário, mas também errou, o que permitiu que Neugebauer sumisse na frente e subisse no degrau mais alto do pódio.
 
Vitor Baptista é quem ficou com o segundo posto, com Marçal Müller, Alceu Feldmann e Eloi Khouri completando o pódio da primeira corrida do dia.
 
Na GT3 Cup 4.0, foi Rodrigo Mello quem conquistou o triunfo. Carlos Ambrósio, Sylvio de Barros, Adalberto Baptista e Maurizio Billi fechando o top-5 da primeira corrida do dia.
Wener Neugebauer (Foto: Bruno Terena)
Saiba como foi a corrida 1 da Carrera Cup 4.0 em Curitiba: 
 
A manhã em Curitiba começou com um tímido sol e muitas nuvens, mas sem ameaça de chuva. No termômetro, a temperatura indicara era de 24ºC.
 
Assim que a largada foi autorizada, Coletta acabou perdendo a liderança, vendo Neugebauer que fez excelente largada para pular para a primeira colocação. Enquanto isso, Paludo também acabou perdendo posições, com Müller se colocando em terceiro.
 
Com a primeira volta completada, a ordem na pista era Werner na primeira colocação, com Marcel vindo em segundo com já 0s530 de distância. Müller, Paludo, Vitor Baptista, Khouri, Feldmann, Rodrigo Baptista, Ambrósio e Adalberto Baptista completando o top-5.
 
O #177 começava a se aproximar do #8, diminuindo cada vez mais a distância para o ponteiro. Com três giros completados, o piloto da Cimed já colou na traseira do adversário e estava apenas 0s88 atrás. 
 
No fim da reta, Coletta tentou dar o bote em cima de Neugebauer. Apesar de conseguir a ultrapassagem, escapou da pista e quando voltou para o traçado, tocou com Miguel, que rodou e perdeu muitas posições, caindo para nono. O #7 ainda acabou ficando sem pneu dianteiro esquerdo.
 
Quem se aproveitou de toda a confusão foi Vitor Baptista. Crescendo durante a prova, o atual líder da classificação, saltou para a segunda colocação, começando a caçada em cima do ponteiro do pelotão.
 
Com 16 minutos restando para a bandeira quadriculada, surgiu a informação de que o incidente entre Coletta e Paludo estava sob investigação.
 
Oito voltas se passaram em Curitiba e a ordem da corrida era Neugebauer ainda em primeiro, com uma distância de 0s345 para Vitor Baptista. Müller, Khouri e Feldmann completavam os cinco primeiros.
 
Com 12 minutos para o encerramento, então, saiu a punição para o #177: ele teria que cumpri um drive-trhough por atitude antidesportiva em cima de Paludo. A prova se desenhava bastante difícil para o pole-position.
 
A corrida entrava em sua reta final e Neugebauer conseguia manter a distância para Vitor Baptista, variando entre 0s3 e 0s5. O representante da Academia Shell Racing tentava se aproximar do adversário, começando aos poucos tirar o atraso.
 
No final da reta, então, deu o bote em cima de Werner. Entretanto, assim como Marcel Coletta, acabou escapando da pista e perdendo a ultrapassagem, vendo o #8 abrir uma vantagem de mais de 1s.
 
Com bandeira quadriculada, Neugebauer conseguiu ficar com a vitória, se aproveitando dos erros dos adversários. Vitor Baptista ficou em segundo, com Müller, Feldmann e Khouri completando o pódio da prova.
 
Na classe GT3 Cup 4.0, quem conquistou o degrau mais alto do pódio foi Rodrigo Mello, com Carlos Ambrósio, Sylvio de Barros, Adalberto Baptista e Maurizio Billi fechando o top-5 da primeira corrida do dia.