Porsche GT3 Cup
30/08/2018 11:43

Pilotos ressaltam importância de treinos para Porsche Cup na abertura da Endurance Series

Com o longo intervalo da Porsche Cup, os pilotos precisaram encontrar meios para se manterem ativos. Com isso, muitos competidores participaram da etapa de abertura da temporada da Endurance Series, em Interlagos, para treinar e voltar para as pistas
Warm Up / NATHÁLIA DE VIVO, de São Paulo
 Paludo/Gresse em Interlagos (Foto: Dalton Yamashita/Grande Prêmio)
Para qualquer piloto, ficar afastado das pistas não é tarefa fácil. Os titulares da Porsche Cup bem sabem disso, afinal, a categoria está em um longo período de férias, com um intervalo de quase dois meses. Por isso, qualquer alternativa para acelerar é muito bem-vinda.
 
Muitos competidores encontraram na Endurance Series uma ótima opção para treinar durante o período. No mês de julho, o certame realizou sua prova inaugural da temporada em Interlagos, com uma prova de longa duração bastante disputada e recheada de grandes nomes do automobilismo.
 
Um dos pilotos que fez parte do grid da corrida foi Miguel Paludo, junto com Beto Gresse. Ao falar sobre a disputa, ressaltou como qualquer atividade é importante para não ficar parado. “Tudo é treino. Há umas semanas eu estava andando com outra Porsche no sul do país, então toda vez que está andando em um carro de corrida é treino”, contou ao GRANDE PRÊMIO.
A Porsche em Interlagos (Foto: Luca Bassani)
“Depois, teremos mais seis semanas sem corrida, isso prejudica um pouco, mas uma vez que sentou no carro e deu algumas voltas, o feeling volta. Então, com certeza é um bom treino para nós, completou.
 
Quem concordou com o discurso do #7 foi Sylvio de Barros. Correndo ao lado de seu coach Cacá Bueno, apontou como andar ao lado do piloto da Stock Car o ajuda a crescer como competidor.
 
“Carro é hora de voo, quanto mais tempo no volante sentado dirigindo, melhor. Tenho aprendido muito com o Cacá, isso faz diferença, tem a pressão dele de andar mais rápido, de andar com ele. Então, isso ajuda muito, com certeza faz diferença, vou voltar melhor para a Sprint”, explicou.
 
Por fim, Enzo Elias seguiu o discurso dos adversários mais experientes. “Com certeza, quanto mais voltas damos, melhor ficamos. Quanto mais treino, melhor. É uma corrida de longa distância, mais quilometragem para andarmos. Quando mais andamos, melhor ficamos”, encerrou.
 
A Porsche Cup volta no dia 15 de setembro para disputar a sexta etapa do calendário. A rodada dupla acontece no Autódromo Velo Cittá.