Porsche

Vitor Baptista fala em trabalho duro em Curitiba para minimizar peso do lastro: “Agora é focar e acertar tudo”

Vitor Baptista chegou a Curitiba na liderança da classe Carrera Cup 4.0 da Porsche Cup. Com isso, carrega um lastro de 35 quilos em seu carro, e mesmo sabendo da dificuldade que vai encarar na cidade paranaense, o titular da Academia Shell Racing tem boas expectativas para a rodada dupla

Grande Prêmio / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
Vitor Baptista vai encarar o segundo desafio da temporada 2019 da Porsche Cup. Neste final de semana, o piloto desembarca com a categoria em Curitiba para mais uma rodada dupla, e as expectativas são altas, apesar de saber que vai ter de carregar o lastro.
 
Atual líder da classe Carrera Cup 4.0, o #120 começou o ano com o pé direito. Na primeira etapa do calendário, em Interlagos, garantiu um terceiro lugar e uma vitória para somar 38 pontos e aparecer na ponta da classificação.
 
Agora, o representante da Academia Shell Racing espera manter o bom momento – que vem desde o ano passado, quando foi campeão na Carrera Cup 3.8, apesar de carregar o peso extra no carro. “Acho que temos o dever de ser campeão esse ano, já carregando do ano passado o campeonato”, falou ao GRANDE PRÊMIO.
 
“Esse ano viemos para a 4.0 com o Junior Program, esse ano entrando para a Academia da Shell tem tudo para continuar tendo vitória, tendo um bom desempenho. Chegando em Curitiba indo bem nos treinos é bem importante”, seguiu.
Vitor Baptista (Foto: Luca Bassani)
“Carrego o lastro dos 35 quilos por conta do campeonato, então agora é focar, acertar tudo para o treino livre e a classificação e amanhã é fazer as corridas como a gente sempre fez”, completou.
 
E Curitiba é um palco para lá de especial para Vitor. Foi na cidade paranaense que o piloto conquistou sua primeira vitória na Porsche Cup, na abertura da temporada de 2018. Com o bom histórico, espera diminuir o problema do lastro.
 
“A gente usa os dois, vai na balança. Tanto a experiência que eu tenho carregando com os carros, ano passado com a vitória também, e o lastro todo mundo vai carregar, do primeiro ao sexto vai carregar o lastro”, apontou.
 
“É legal que dá uma dificuldade maior para os pilotos que estão lá na frente, e acho que a dificuldade existe, mas vamos continuar com o trabalho duro para continuar ganhando corrida mesmo com o lastro”, encerrou.
 
As atividades oficiais para a segunda etapa da Porsche Cup começam na sexta-feira (26), com um treino livre e a classificação, a partir das 15h30. No sábado (27), a primeira das quatro largadas do dia está prevista para 11h25. Você pode acompanhar tudo pelo Facebook do GRANDE PRÊMIO.
 
Grande novidade desta temporada, a etapa vai estar aberta para o público. Quem quiser ir acompanhar de perto, pode garantir as entradas até sexta-feira, pelo site da Porsche Cup, e no dia das corridas diretamente nas bilheterias do autódromo. O ingresso custa R$ 30 e dá direito a visitação dos boxes. No sábado, os portões serão abertos a partir das 9h.