Al-Attiyah e Sainz sofrem punição e ficam cada vez mais distantes da liderança do Dakar 2014

Dois dos principais nomes da competição, Nasser Al-Attiyah e Carlos Sainz foram punidos após o especial de quinta-feira

Nasser Al-Attiyah e Carlos Sainz foram punidos em uma hora no tempo agregado pela organização do Rali Dakar. Dois dos grandes nomes da competição entre os carros, ambos estão virtualmente fora da disputa pelo título.
 
Por não terem passado por um dos postos de controle no especial desta quinta-feira (9), entre as cidades de Chilecito e Tucumán, o catariano e o espanhol sofreram grandes impactos na classificação. Al-Attiyah, piloto da Mini, que corre com o navegador Lucas Cruz, caiu da segunda para a quinta colocação, 1h26min28s atrás do líder Nani Roma, também da Mini. Para Carlos Sainz, a situação é ainda pior. O veterano espanhol, piloto da SMG, e seu companheiro Timo Gottschalk caíram para a oitava posição, com 1h59min43s de defasagem para Roma.
 

Carlos Sainz está cada vez mais longe do líder Nani Roma(Foto: Getty Images)

Além de Al-Attiyah e Sainz, o argentino Federico Villagra também foi punido em uma hora. Com isso, Villagra deixou o top-10 e agora é o 12º no geral.

Nesta sexta (10), os pilotos disputam uma etapa de 424 km que os leva até Salta.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube