Alonso comemora estreia no Dakar “sem sustos e erros grandes”

Fernando Alonso terminou sua primeira etapa de Rali Dakar em 11° - e saiu satisfeito, principalmente pela ausência de sustos durante os 752 km da especial

A primeira etapa do Rali Dakar em 2019, nos carros, teve vitória de Vaidotas Zala, que bateu nomes como Stéphane Peterhansel e Carlos Sainz para surpreender. Mais para trás, porém, um piloto bastante famoso apareceu e saiu satisfeito, mesmo longe dos líderes.

Fernando Alonso, claro. Em sua primeira especial no Dakar, foi 11°, e saiu comemorando mesmo a 15min27s do lituano.

"Estou contente. A primeira etapa sempre tem uma tensão extra, aquela de começar a andar e de que tudo saia bem. E ao final tive, sim, complicações, porque todos tiveram, mas tentei fazer com que tudo fosse o menos problemático o possível. O carro foi bem, me senti bem nele, do jeito que queríamos. Começamos com um pouco de precaução e sem nenhum susto ou erro muito grande", analisou o bicampeão mundial de F1.

"Sei que tenho algo a mais guardado, mas ainda não é o momento de sacar essa carta. Na segunda semana teremos mais esperança, quando a corrida estiver um pouco mais definida. Se chegarmos com o carro bem, é quando tentaremos tirar um pouco mais", seguiu.

Fernando Alonso e Marc Coma (Foto: Reprodução)

Alonso também revelou que chegou a se perder em algumas partes do percurso de 752 km entre Jeddah e Al Wajh: "Quando você se perde, e estão três ou quatro carros, não consegue ver nada, mas isso acontece com todos."

"Outros tiveram problemas mais graves. Vção acontecer com todos aqui e esperamos que sejam as mínimas a cada dia", concluiu.

O rali segue na segunda-feira, no trecho entre Al Wajh e Neom. Serão 393 km totais, dentre os quais 367 km de especial.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube