Atuais campeões, Varela e Gugelmin abrem Dakar 2019 com vitória e saem na frente nos UTVs

A dupla formada pelo piloto Reinaldo Varela e pelo navegador Gustavo Gugelmin, que comemoraram a vitória no Dakar do ano passado, abriram a edição 41 do mais popular rali de longa duração do mundo ganhando a etapa entre as cidades peruanas de Lima e Pisco. As duas brasileiras Marcos Baumgart/Kléber Cincea e Bruno Varela/Maykel Justo terminaram nas primeiras dez colocações

1ª etapa – Lima – Pisco 
Trecho de especial: 84 km
Deslocamentos: 247 km
Trecho total: 331 km
 
A competição dos UTVs na 41ª edição do Rali Dakar teve início nesta segunda-feira (7) e foi bastante positiva para Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin. Os atuais campeões do Dakar começaram a disputa com um passo imponente para voltarem a se afirmar como candidatos à luta pela vitória geral. Completaram a especial entre Lima e Pisco em 1h11min13s a bordo do veículo da Can-Am.
 
O domínio de Varela e Gugelmin durou o dia todo. A dupla liderou em todas as áreas de contagem da especial e conseguiram abrir um pouco mais de vantagem no trecho final, após passar na última marcação com uma vantagem de 19s.
 
A segunda colocação ficou com a dupla chilena Francisco López Contardo e Álvaro Juan Quintanilla, que fecharam 1min27s atrás. 
Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin (Foto: Dakar)

As posições três e quatro ficaram para competidores que contam com o selo de lendas do Dakar: Gérard Farres Guell/Daniel Oliveiras Carreiras e Ignácio Casale/Americo Aliaga, respectivamente 2min32s e 3min39s atrás.

A quinta colocação foi de Rodrigo Javier Piazzoli/Jorge Gabriel Díaz, que passou 3min44s atrás, e da dupla novato formada pelo norte-americano Casey Currie e pelo espanhol Rafael Tornabell Córdoba, 4min55 depois dos líderes da etapa. 

 
Outras duas duplas brasileiras se colocaram no top-10 da etapa: Marcos Baumgart e Kléber Cincea, da X-Rally Team, chegaram na sétima posição com o tempo idêntico ao de Currie e Córdoba. Bruno Varela/Maykel Justo, da Varela Rally Team, ocupou o décimo posto, 6min38s dos primeiros colocados. 
Os UTVs da X-Rally Team (Foto: Divulgação/X-Rally Team)
O navegador Lourival Roldan, que venceu o Dakar em 2017 e compete nesta edição ao lado do português Migual Jordao, terminou no 11º posto. Cristian Baumgart/Alberto Andreotti, também da X Rally Team, chegaram no 17º posto. 
 
A segunda etapa do Dakar 2019 vai levar os pilotos da cidade de Pisco até San Juan de Marcona.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube