Bicampeão nos carros, Al-Attiyah descarta Peugeot como rival no Dakar 2016: “O carro ainda está em desenvolvimento”

Campeão vigente na disputa entre os carros, Nasser Al-Attiyah não vê a Peugeot como uma grande ameaça na luta pela vitória no Rali Dakar 2016. Príncipe do Catar ressaltou que o carro de Sébastien Loeb, Stéphane Peterhansel, Cyril Despres e Carlos Sainz ainda está em desenvolvimento

Campeão vigente na disputa entre os carros, Nasser Al-Attiyah não vê a Peugeot como forte concorrente na edição 2016 do Rali Dakar. Apesar de contar com um time fortíssimo, com Sébastien Loeb, Stéphane Peterhansel, Cyril Despres e Carlos Sainz, a equipe francesa está no segundo ano na maior competição off-road do planeta. 

 
Em 2015, a Peugeot sofreu com muitos problemas de confiabilidade durante a prova sul-americana, mas tratou de reforçar o carro para a disputa deste ano.
Nasser Al-Attiyah não vê a Peugeot com grandes chances no Dakar 2016 (Foto: BMW)
Ainda assim, o príncipe do Catar acredita que a pouca quilometragem do 2008DKR reduz as chances da Peugeot, mesmo com um time de pilotos de renome.
 
 “A Peugeot tem muitos grandes nomes, mas, como você sabe, o time ainda é novo”, disse Al-Attiyah em entrevista ao site norte-americano ‘ Motorsport.com’. “Eles podem liderar um ou dois estágios no início e aí desaparecer, porque o carro ainda está em desenvolvimento”, indicou.
 
“Carlos Sainz e Peterhansel estão entre os melhores pilotos, mas não acho que os carros deles vão resistir por todos os 13 dias, pois o carro é novo e precisa de desenvolvimento”, insistiu. “Esta é a segunda participação deles no Rali Dakar e eles, certamente, precisam de tempo”, defendeu.
 
Além disso, Nasser se mostrou confiante nas chances da X-Raid, já que a Mini tem um bom carro e um histórico excelente no Dakar.
 
“A Mini não tinha nada a adicionar, exceto algumas coisas”, falou Al-Attiyah. “A Mini tem mais experiência no Rali Dakar e no cross-country, já que tem alta performance e é confiável, suporta grandes distâncias”, listou.
 
“O Mini é o carro que venceu por quatro anos consecutivos. Claro, tem muitas razões para isso: é um carro potente, tem um time forte que gasta dinheiro em desenvolvimento”, sublinhou. “A Mini venceu o Rali Dakar de 2012 depois de anos de desenvolvimento, mas talvez a Peugeot possa surpreender. Não sei o que eles fizeram em termos de desenvolvimento”, concluiu.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

PADDOCK GP EDIÇÃO #11: ASSISTA JÁ

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube