Caravana se reúne para nona etapa do Dakar em dia de encontro com mar e dunas do Atacama

Na nona etapa do Dakar, carros, motos, caminhões e quadriciclos percorrem a mesma rota entre Calama e Iquique, no Chile. Pilotos verão o oceano pela primeira e terão seu primeiro encontro com as dunas do Atacama

As imagens do oitavo estágio do Rali Dakar 2014

9ª etapa
Calama (CHI) – Iquique (CHI)
Deslocamento: 37 km
Trecho cronometrado: 422 km
Percurso total: 459 km
 
Depois de dois dias em rotas separadas, a nona etapa da edição 2014 do Rali Dakar coloca pilotos de carros, motos, caminhões e quadriciclos lado a lado mais uma vez. Nesta terça-feira (15), o ponto de partida é a cidade de Calama, com a final da especial em Iquique, ambas no Chile.
 
Na nona especial, os pilotos terão de cumprir um trecho cronometrado de 422 km, com um deslocamento de 37 km. Ao longo do trajeto, os competidores vão encarar terrenos de pedra e areia.
As quatro categorias do Dakar vão percorrer a mesma rota nesta terça (Imagem: Reprodução)
Pela primeira vez desde o início da disputa, a caravana vai ver o mar, mas também vai entrar em uma parte mais difícil do trajeto: as dunas do Atacama. Um dos principais desafios desta terça é a queda na altitude. Entre o ponto de partida, em Calama, e o fim da especial, em Iquique, a altitude varia 30%.
 
Com nove etapas completadas, Marc Coma segue na liderança entre as motos. Nos carros, o comando é de Nani Roma e Michel Perin. Nos quadriciclos, Ignacio Casele mantém a ponta tabela. Na disputa entre os caminhões, o trio formado por Gerard de Rooy, Tom Colsoul e Darek Rodewald se encaminha para a vitória.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube