Carros e caminhões enfrentam especial longa de 657 km no quarto dia do Dakar 2014

O percurso será bem longo para os competidores do Dakar nesta quarta-feira (8), especialmente para os pilotos dos carros e dos caminhões: serão mais de 867 km de viagem entre San Juan e Chilecito

4ª etapa  
San Juan (ARG) – Chilecito (ARG)  
Deslocamento: 210 km  
Trecho cronometrado: 657 km (carros e caminhões)/352 km (motos e quadris)  
Percurso total: 867 km (carros e caminhões)/562 km (motos e quadris)

657 km de trecho cronometrado: esse é o longo desafio que os pilotos dos carros e dos caminhões vão encarar no quarto dia do Rali Dakar 2014. A longa viagem entre San Juan e Chilecito, na Argentina, deve ser determinante para a definição daqueles que vão, de fato, disputar o título desta edição da mais importante prova de rali do planeta.

A programação aponta para pouco mais de dez horas de prova para os competidores dessas duas categorias, que encararão um deslocamento inicial de 43 km e um deslocamento final de 167 km. Trata-se da maior distância enfrentada pelos pilotos em um único dia desde 2005, quando o rali ainda acontecia na África.

Para as motos e os quadriciclos, a vida vai ser um pouco mais fácil: essas duas classes terão somente 352 km de especial nesta quarta, com um deslocamento total de 210 km. Apesar disso, trata-se do complemento de uma etapa-maratona: ajustes não foram feitos nos equipamentos após o término da etapa de terça-feira.

No percurso de hoje, os pilotos encontrarão vários tipos de desafios, de rios secos até descidas de cânions.
Especial desta quarta será mais curta para motos e quadriciclos (Foto: Dakar)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube