Rali

Confira classificação final da edição 2019 do Dakar nas motos, carros, UTVs, quadriciclos e caminhões

O Dakar 2019 se encerrou nesta quinta-feira (17) em Lima, capital do Peru, e coroou Toby Price, pela segunda vez nas motos, Nasser Al-Attiyah como tricampeão nos carros e Eduard Nikolaev, que faturou seu quinto título nos caminhões. A competição viu novos campeões: Nicolás Cavigliasso nos quadriciclos e Francisco ‘Chaleco’ López nos UTVs ao lado de Alvaro Quintanilla

Warm Up / Redação GP, de Sumaré
Terminou nesta quinta-feira (17) a 41ª edição do Rali Dakar. Uma edição que, por muito pouco, quase não aconteceu, mas após acordo com o governo peruano, a ASO (Amaury Sport Organisation) conseguiu realizar e promover a prova, ainda que mais curta do que de costume. Ao todo, foram dez dias de especiais, num total de 2.956 km e percurso completo, incluindo os deslocamentos, de 5.600 km. O roteiro iniciou em Lima, e se desenrolou por Pisco, San Juan de Marcona, Arequipa, Moquegua e Tacna, no extremo-sul, quase na divisa com o Chile, antes de fazer o caminho inverso até retornar à capital do Peru.
 
O Dakar 2019 marcou a incrível sequência da dinastia da KTM nas motos, agora ampliada para o 18º ano consecutivo. Toby Price, mesmo com o punho lesionado, suportou as dores e venceu pela segunda vez a maior prova off-road do mundo. Não foi uma jornada fácil para o australiano, lutou para lidar com a lesão e também com fortes adversários como Pablo Quintanilla, Sam Sunderland, Matthias Walkner, Joan Barreda e Ricky Brabec. Valeu a regularidade e a confiabilidade de uma robusta e quase inquebrável KTM, que não o deixou na mão neste ano que marcou a conquista do bicampeonato.
 
Se a KTM mantém uma invencibilidade histórica nas motos, a disputa dos carros teve uma marca campeã pela primeira vez. A Toyota dominou do início ao fim o Dakar 2019, tendo Nasser Al-Attiyah como líder em nove das dez etapas, enquanto o sul-africano Giniel de Villiers comandou o segundo dia de provas, mas ficou para trás depois de sofrer com um vazamento de óleo da sua Hilux. 
Toby Price e Matthias Walkner festejam mais um título para a KTM no Dakar (Foto: Marcin Kin/KTM)
Nasser, ao contrário, não teve maiores problemas e usou e abusou da experiência que, aliada à falta de confiabilidade apresentada pelos carros dos principais adversários, como Stéphane Peterhansel e Carlos Sainz, com Mini John Cooper Works Buggy da X-Raid, e Sébastien Loeb — o maior vencedor de especiais do ano, com quatro — que correu com o Peugeot 3008 DKR da PH Sport, teve o caminho livre para vencer o Dakar, a terceira vez com três marcas diferentes: Volkswagen, Mini e Toyota.
 
O desfecho da competição dos caminhões marcou o pentacampeonato conquistado por Eduard Nikolaev. O russo, que aos 34 anos já havia faturando um Dakar como navegador de Vladimir Chagin, assumiu o legado do ‘Czar do Dakar’ e dá sequência ao domínio do ‘exército russo’ da Kamaz. Em 2019, Nikolaev levou a tripulação do caminhão #500, ao lado de Evgenii Iakovlev e Vladimir Rybakov ao topo do pódio, desbancando os compatriotas Dmitry Sotnikov, Dmitrii Nikitin e Ilnur Mustafin no penúltimo dia.
 
De todas as cinco competições principais do Dakar, a mais previsível foi a dos quadriciclos. Méritos do argentino Nicolás Cavigliasso, que dá sequência ao legado vencedor do país no Dakar, na trilha dos compatriotas e irmãos Marcos e Alejandro Patronelli. Com 27 anos, Cavigliasso dominou a prova, liderou na classificação geral do primeiro ao último dia e venceu nove das dez especiais. Uma performance quase perfeita.
 
Por fim, a disputa dos UTVs, a classe que mais cresce no Dakar, viu uma dupla chilena no topo do pódio. Francisco ‘Chaleco’ López, que ‘bateu na trave’ a terminou duas vezes em terceiro lugar no Rali Dakar nas motos, ficou fora da competição desde 2015 e voltou neste ano de forma triunfal. Com uma transição que se mostrou muito bem-sucedida, ‘Chaleco’ e seu navegador, Álvaro Quintanilla, tiveram a chance de comemorar a vitória no maior rali do mundo. 
 
Os brasileiros fizeram bonito, com nada menos que sete competidores entre as dez duplas melhores colocadas. Campeões em 2018, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin voltaram ao pódio e terminaram a edição deste ano em terceiro lugar.


Confira o resultado final da edição 2019 do Rali Dakar:

MOTOS

1 3 TOBY PRICE AUS RED BULL KTM FACORY 33:57:16  
2 1 MATTHIAS WALKNER AUS RED BULL KTM FACORY 34:06:29 00:09:13
3 14 SAM SUNDERLAND ING RED BULL KTM FACORY 34:10:50 00:13:34
4 6 PABLO QUINTANILLA CHI HUSQVARNA 34:18:02 00:20:46
5 29 ANDREW SHORT EUA HUSQVARNA 34:41:26 00:44:10
6 18 XAVIER DE SOULTRAIT FRA YAMAHA 34:51:16 00:54:00
7 10 JOSÉ IGNACIO CORNEJO CHI HONDA 35:05:22 01:08:06
8 77 LUCIANO BENAVIDES ARG RED BULL KTM 35:06:26 01:09:10
9 7 ORIOL MENA ESP HERO MOTORSPORTS 36:05:57 02:08:41
10 28 DANIEL NOSIGLIA JAGER BOL MEC HRC 36:29:09 02:31:53
11 17 LAIA SANZ ESP  KTM FACORY 37:21:26 03:24:10
12 47 KEVIN BENAVIDES ARG HONDA 37:38:30 03:41:14
13 114 ROSS BRANCH RSA BAS 37:47:27 03:50:11
14 42 MAURIZIO GERINI ITA SOLARYS 38:25:57 04:28:41
15 38 MILAN ENGEL TCH MRG 39:08:48 05:11:32
16 43 ADAM TOMICZEK POL ORLEN 39:14:06 05:16:50
17 27 JOAQUIM RODRIGUES POR HERO MOTORSPORTS 39:18:35 05:21:19
18 30 MARC SOLA TERRADELLAS ESP FN SPEED 39:33:16 05:36:10
19 108 KENNETH GILBERT RSA BAS 40:22:48 06:25:32
20 110 SEBASTIAN BÜHLER ALE BÜHLER 40:51:26 06:54:10

CARROS

1 301 NASSER AL-ATTIYAH
MATTHIEU BAUMEL
CAT TOYOTA GAZOO 34:38:14  
2 307 NANI ROMA
ALEXANDRE HARO
ESP X-RAID 35:24:56 00:46:42
3 306 SÉBASTIEN LOEB
DANIEL ELENA
FRA PH-SPORT 36:32:32 01:54:18
4 303 JAKUB PRZYGONSKY
TOM COLSOUL
POL ORLEN X-RAID 37:06:45 02:28:31
5 308 CYRIL DESPRES
JEAN PAUL COTTRET
FRA X-RAID JCW 37:26:57 02:48:43
6 305 MARTIN PROKOP
JAN TOMANEK
TCH MP-SPORTS 37:57:16 03:19:02
7 314 YAZEED ALRAJHI
TIMO GOTTSCHALK
SAL X-RAID 39:09:10 04:30:56
8 321 BORIS GARAFULIC
FILIPE PALMEIRO
CHI X-RAID 42:36:12 07:57:58
9 302 GINIEL DE VILLIERS
DIRK VON ZITZEWITZ
RSA TOYOTA GAZOO 42:37:30 07:59:16
10 319 RONAN CHABOT
GILLES PILLOT
FRA OVERDRIVE TOYOTA 42:48:12 09:09:58
11 330 BENEDIKTAS VANAGAS
SEBASTIAN ROZWADOSKI
LIT GENERAL FINANCING 42:48:17 08:10:03
12 337 VAIDOTAS ZALA
SAULIUS JURGELENAS
LIT AGRORODEO 43:42:03 09:03:49
13 300 CARLOS SAINZ
LUCAS CRUZ
ESP X-RAID JCW 44:30:00 09:51:46
14 353 STEPHANE HENRARD
GATIEN DU BOIS
ALE HENRARD 44:33:20 09:55:06
15 374 DENIS KROTOV
DMYTRO TSYRO
RUS MSK 44:36:52 09:58:38


CAMINHÕES 

1 500 EDUARD NIKOLAEV
EVGENY YAKOVLEV
VLADIMIR RYBAKOV
RUS KAMAZ MASTER
KAMAZ
41:01:35  
2 514 DMITRY SOTNIKOV
DMITRII NIKITIN
ILNUR MUSTAFIN
RUS KAMAZ-MASTER
KAMAZ
41:27:11 00:25:36
3 503 GERARD DE ROOY
DAREK RODEWALD
MOISES TORRALLARDONA
HOL PETRONAS TEAM
IVECO
42:36:19 01:34:44
4 505 FEDERICO VILLAGRA
ADRIAN YACOPINI
RICARDO TORLASCHI
ARG PETRONAS DE ROOY 46:50:43 05:49:08
5 507 ALES LOPRAIS
FERRRAN ALCAYNA
PETR POKORA
TCH LOPRAIS TEAM 47:01:26 05:59:51
6 501 SIARHEI VIAZOVICH
PAVEL HARANIN
ANDREI ZHYHULIN
BLR MAZ-SPORTAUTO
MAS
2:57:33 00:18:21
7 509 TON VAN GENUGTEN
BERNARD DER KINDEREN
PETER WILLEMSEN
HOL PETRONAS DE ROOY 3:00:03 00:20:51
8 519 ALEKSANDR VASILIEVSKI
DZMITRY VIKHRENKA
ANTON ZAPAROSHCHANKA
BLR MAZ
MAS
3:01:30 00:22:18
9 510 TERUHITO SUGAWARA
HIROYUKI SUGIURA
JAP HINO SUGAWARA
500 SERIES HINO
3:05:22 00:26:10
10 513 MAURIK VAN DEN HEUVEL
PETER KUIJPERS
MARTIJN VAN ROOIJ
HOL PETRONAS DE ROOY 3:05:30 00:26:18


UTVs

1 360 FRANCISCO CONTARDO
ALVARO QUINTANILLA
CHI SOUTH RACING 42:19:05  
2 358 GERARD FARRES GUELL
DANIEL CARRERAS
ESP MONSTER ENERGY CAN-AM 43:21:40 01:02:35
3 340 REINALDO VARELA
GUSTAVO GUGELMIN
BRA MONSTER ENERGY CAN-AM 43:24:24 01:05:19
4 343 CASEY CURRIE
RAFAEL CORDOBA
EUA MONSTER ENERGY CAN-AM 44:51:56 02:32:51
5 421 RODRIGO PIAZZOLI
JORGE DÍAZ
CHI MONSTER ENERGY CAN-AM 45:29:30 03:10:25
6 412 MARCOS  BAUMGART
KLEBER CINCEA
BRA X RALLY 46:07:07 03:48:02
7 372 MIGUEL JORDÃO
LOURIVAL ROLDAN
POR SOUTH RACING CAM-AM 47:01:02 04:11:57
8 418 JOSÉ ANTÔNIO LOPEZ
XAVIER BLANCO
ESP FN SPEED 47:25:01 05:05:56
9 398 CRISTIAN BAUMGART
ALBERTO ANDREOTTI
BRA X RALLY 47:41:33 05:22:28
10 344 SERGEI KARIAKIN
ANTON VLASIUK
RUS SNAG 50:44:58 08:25:53


QUADRICICLOS


1 240 NICOLAS CAVIGLIASSO ARG DRAG'ON 44:01:54  
2 241 JEREMÍAS GONZALEZ FERIOLI ARG FERIOLI 44:57:31 1:55:37
3 257 GUSTAVO GALLEGO ARG GUSTAVO GALLEGO COMPETICION 45:13:42 2:11:48
4 250 ALEXANDRE GIROUD FRA TEAM GIROUD 47:04:35 4:02:41
5 273 MANUEL ANDÚJAR ARG 7240 TEAM 49:40:04 6:38:10
6 255 KAMIL WISNIEWSKI POL KAMIL WISNIEWSKI 51:45:26 8:43:32
7 269 LUIS BARAHONA CHI LB RALLY 55:30:25 12:28:31
8 260 JULIO ESTRANGUET CHI DKR 58:21:01 15:19:07
9 252 CARLOS ALEJANDRO VERZA ARG VERZA 60:20:53 17:18:59
10 262 EMILIO CHOY PER ECM 60:38:44 17:36:50