Dakar anuncia projeto de veículos sustentáveis até 2026 e criação de nova categoria

O Dakar divulgou planos ambiciosos para mudar todos os motores de carros e caminhões profissionais nos próximos cinco anos, buscando diminuir o impacto ambiental com emissão de poluentes. A medida ainda gerou uma nova categoria especial a partir do próximo ano

Acompanhando a tendência em diversas categorias do esporte a motor, o Dakar anunciou nesta quarta-feira (13) mudanças para os próximos anos. A decisão visa diminuir as emissões de poluentes do rali e torná-lo mais ecológico, começando por carros e caminhões a partir de 2026.

O projeto, chamado “DakarFuture”, possui duas bases sólidas. A primeira, busca modificar os motores de carros e caminhões para que, até 2026, todos os competidores dessas classes emitam poucos gases poluentes ao longo do evento. A medida visa também melhorar a logística do rali, a segunda decisão dos organizadores.

Já em 2021, na Arábia Saudita, o Dakar criou um acampamento “verde” para os pilotos, com energia 100% renovável desde o início. As mudanças buscando a sustentabilidade serão graduais, de acordo com os organizadores e começam já no próximo ano.

Caminhões também vão precisar se adequar à mudanças do rali até 2026 (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
Confira todas as informações do Dakar 2021. É aqui.

Em 2022, será criada uma nova categoria específica para veículos com energia renováveis, como forma de dar mais visibilidade para o uso de motores elétricos, híbridos ou com hidrogênio. O regulamento será adaptado para equilibrar a performance, de forma que todos sejam competitivos nos carros e nos caminhões.

Até 2026, todos os competidores de elite do Dakar, nas classes Carros e Caminhões, obrigatoriamente vão precisar registar os veículos nos padrões de baixa emissão de carbono. O plano do rali acrescenta que, até 2030, após o desenvolvimento das novas tecnologias, os pilotos amadores também vão precisar dos novos motores.

O comunicado divulgado ainda que “sem dúvida, a evolução dos veículos no Dakar é muito importante e esta não será a única inovação no uso de energias sustentáveis”.

Para 2022, o Dakar ganha a presença da Audi entre os carros. A montadora alemã anunciou, em novembro do ano passado, a entrada no rali com um protótipo elétrico com bateria de alta-voltagem que pode ser carregada durante a condução. “O mais difícil rali do mundo é o palco perfeito para isso, afirmou Markus Duesmann, presidente do Conselho de Administração e Desenvolvimento Técnico da Audi, no dia do anúncio.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube