De volta ao WRC, Oliveira chega confiante para disputa do Rali da França e mira evolução

Daniel Oliveira volta à disputa do Mundial de Rali pouco mais de um mês depois de competir no Rali da Alemanha. Na França, ao lado de Carlos Magalhães, o baiano busca evolução no WRC

Enquanto o Rali dos Sertões estava a todo vapor no Norte-Nordeste do Brasil, Daniel Oliveira, do outro lado do Atlântico, disputava sua última prova no WRC, em 22 de agosto, no asfalto de Trier, na Alemanha. Pouco mais de um mês depois, o baiano, que aproveitou o tempo para testar o Ford Fiesta na Áustria, volta ao Mundial para disputar, ao lado do navegador luso Carlos Magalhães, o Rali da França, a partir desta quinta-feira (4).

Depois da participação na Alemanha, Oliveira volta ao WRC no Rali da França (Foto: BWRT/Facebook)

Oliveira faz sua segunda temporada no WRC. Contudo, suas participações no Mundial vem sendo bem menos frequentes do que em 2011, quando correu com Mini, preparado pela Prodrive, mas pela sua própria equipe, a Brazil World Rally Team. Ciente de que precisa adquirir quilometragem, o piloto baiano chega à região de Estrasburgo, na Alsácia, disposto a evoluir na elite mundial do rali de velocidade.

“Estou realmente ansioso para esta prova”, disse Daniel em comunicado emitido pela equipe na última segunda-feira (1) após sua chegada à França.

“Faz pouco mais de um mês desde a nossa última competição, que também foi no asfalto. Voltamos ao território francês com muito mais experiência e quilometragem nesta superfície do que na nossa primeira participação, em 2011, que não foi tão boa quanto gostaríamos. Agora nos sentimos mais confiantes e vamos tentar fazer um bom rali”, acrescentou o baiano.

O Rali da França será disputado entre quinta e domingo (7) e terá, ao todo, 1.385 km de trecho total, sendo 404,14 km de percurso cronometrado, divididos em 22 especiais. A prova, 11ª etapa do Mundial, pode marcar o épico nono título mundial de Sébastien Loeb, maior piloto do rali de velocidade de todos os tempos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube