Dono da equipe Epsilon é detido após polícia apreender cocaína em caminhão de assistência do Dakar

David Oliveras, fundador e proprietário do Team Epsilon, foi detido após polícia francesa apreender 1,4 tonelada de cocaína em caminhão de assistência da equipe. Veículo havia sido enviado do Chile a para a França de navio


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

A polícia francesa desmantelou uma quadrilia internacional de tráfico de drogas que tentou levar 1,4 tonelada de cocaína para a Europa utilizando um caminhão de assistência do Rali Dakar. O veículo, que foi despachado de Valparaíso, no Chile, para o porto de Le Havre, na França, após o fim da competição, pertencia à espanhola Epsilon.

Horas após o desembarque, três espanhois foram presos, entre eles David Oliveras, fundador e proprietário da equipe. Ao jornal ‘El País’, fontes próximas ao time revelaram que Oliveras foi detido em casa, em Barcelona, e depois levado para Madri.

Além dele, Xavi Mora, um dos coordenadores da estrutura e quem deveria conduzir o caminhão desde o porto de Le Havre até a Catalunha, foi encontrado em uma área de descanso de uma rodovia da Normandia junto com outro integrante do time, identificado pela sigla JB.

David Oliveras e Xavi Mora estão entre os detidos na operação da polícia francesa (Foto: Epsilon/Facebook)


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Os outros detidos na operação são búlgaros e considerados os chefes da quadrilha. A operação ainda não foi concluída e a polícia francesa já avisou que novas prisões serão efetuadas em outros países, inclusive na Espanha.

A 1,4 tonelada da droga estava embalada em três camadas de plástico e escondida entre os pneus que estavam no baú do caminhão. Segundo a Central Antidrogas da França, uma colaboração entre as autoridades francesas, espanholas e búlgaras permitiu identificar que a droga, procedente da Bolívia e da Colômbia, tinha sido embarcada no Río Nevado e ideia era levá-la até a Espanha via porto Le Havre. Ainda de acordo com a polícia, as pessoas detidas não têm relação com a ASO, organizadora do Dakar, e é uma rede internacional que opera há alguns meses.

O caminhão interceptado pela polícia é um dos de tração 8×8 – os maiores – do time. A equipe Epsilon nasceu em 1987, quando Oliveras e outros parceiros se reuniram para disputar o Paris Dakar. Desde então, a equipe oferece assistência técnica e mecânica no Dakar, com um time de mais de 20 pessoas. A frota conta com 12 caminhões.

A sede da equipe, em La Roca del Vallés, em Barcelona, também foi inspecionada pela polícia. Além disso, Emilio Bosser, coordenador da área esportiva do time, também foi interrogado, mas segue em liberdade.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube