Em prévia do Dakar, Spinelli e Haddad vencem primeiro dia do Rali do Marrocos. Nas motos, Zanol é 12º

Guilherme Spinelli e Youssef Haddad terminam na frente o primeiro dia de competições no Rali do Marrocos, nesta segunda-feira (15), na cidade de Erfoud. Também em sua primeira preparação para o Dakar 2013, Felipe Zanol foi o 12º. O vencedor nas motos foi seu companheiro de equipe, Hélder Rodrigues

O primeiro dia de disputa do Rali do Marrocos, tradicional competição que também serve de prévia para o Dakar 2013, nesta segunda-feira (15), foi marcado pelo bom desempenho dos competidores brasileiros. Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, que participam da prova a bordo do Mitsubishi ASX, venceu a etapa de 270 km cronometrados, na cidade de Erfoud. Na competição das motos, Felipe Zanol estreou a Honda CRF 450 Rally e terminou em 12º. A vitória ficou com luso Hélder Rodrigues, seu companheiro de equipe no time japonês.

Spinelli e Haddad derrotaram alguns dos grandes favoritos à vitória no Marrocos. O duo brasileiro marcou 2h52min57 e não sofreram punições neste primeiro dia de rali. Krzysztof Holowczyc e Felipe Palmeiro — este, velho conhecido de Spinelli e Haddad —, levaram o Mini da equipe X-raid à segunda colocação, fechando o percurso em 2h53s18, mas levando 21s de punição.

Zanol deu início à sua jornada no Rali do Marrocos fechando o dia em 12º (Foto: Felipe Zanol/Facebook)

A abertura do Rali do Marrocos também foi interessante para Zanol. O mineiro, campeão do Rali dos Sertões deste ano, finalizou o primeiro dia de competições em 12º. O mais rápido desta segunda-feira foi Hélder Rodrigues, um dos favoritos à vitória líder da Honda, que voltará a disputar o Dakar como equipe de fábrica após 23 anos.

Rodrigues derrotou os eternos favoritos Marc Coma e Cyril Després, segundo e terceiro colocados na especial de hoje em Erfoud. O experiente piloto português anotou 2h59s50, enquanto Coma completou o percurso cronometrado de 270 km em 3h01min02. Zanol fez a especial em 3h23min55.

Ao fim da especial, em sua página no Facebook, Zanol relatou um pouco do seu primeiro dia no Rali do Marrocos. “O dia de hoje foi muito bom. A primeira parte, até o km 130, estava em sexto na corrida; a navegação era só por road book [planilha] e não errei nada. Após o km 130 pegamos um trecho de navegação por Caps e me perdi por mais de dez minutos.”

“Feliz por estar tudo 100%. A moto está evoluindo, e tenho feito muitos acertos, não passei nenhum susto e é isso o que importa. Preciso evoluir minha navegação por Caps e aqui é o melhor lugar para isso”, escreveu Zanol, explicando o sistema que visa facilitar a navegação no meio do deserto, cenário constante durante a prova.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube