Equipe de Zanol, Honda apresenta CRF450 Rally, moto para disputa do Dakar em 2013

Após testes intensos no Japão, a Honda apresentou a CRF450 Rally durante evento em Colônia, na Alemanha. A montadora volta ao Dakar como equipe de fábrica após 23 anos de ausência do maior rali do mundo

De volta ao Dakar após 23 anos de ausência como equipe oficial, a Honda apresentou, na manhã desta terça-feira (2), a moto para a disputa do maior e mais importante rali cross-country do planeta. A CRF450 Rally foi exibida ao mundo pela primeira vez durante evento na cidade de Colônia, na Alemanha.

A Honda vai para o Dakar com cinco pilotos. Além de Felipe Zanol, que em agosto venceu a 20ª edição do Rali dos Sertões, vão integrar o time o experiente português Hélder Rodrigues — que veio da Yamaha para ser o primeiro piloto do time —, o britânico Sam Sunderland, o argentino Javier Pizzolito e o recém-contratado Johnny Campbell, 11 vezes campeão norte-americano de baja. A equipe vai para a América do Sul com a intenção de escrever uma nova página no legado vencedor da Honda no Dakar.

Honda apresenta CRF450 Rally, moto para a disputa do Dakar de 2013 (Foto: Honda HRC/Facebook)

A montadora chegou à sua primeira vitória no Dakar, quando a prova ainda se chamava Paris-Dakar, em 1982, com Cyril Neveu, um dos maiores pilotos da história da competição. O francês também venceu, de maneira consecutiva, entre 1986 e 1989, totalizando cinco títulos em nove anos para a Honda, que desde então integra o grid do Dakar, mas não mais como equipe oficial, até o retorno, sacramentado neste ano, visando 2013.

O novo modelo da Honda foi baseado na CRF450X, moto projetada para enduro, modalidade onde Zanol tem larga experiência, uma vez que o mineiro de 31 anos é heptacampeão brasileiro e campeão português. A montadora japonesa busca conquistar a primeira vitória no Dakar com um modelo baseado em uma moto de produção.

Após testes intensos no Japão, onde Zanol e os outros pilotos da Honda tiveram a primeira oportunidade de guiar a CRF450 Rally, a Honda abre uma nova fase no desenvolvimento da moto em outubro, com a disputa do Rali do Marrocos. Os cinco pilotos vão participar da prova para acumular dados, identificar problemas na moto, que será submetida a condições extremas, visto que o deserto do Saara vai exigir muito do equipamento, e avaliar o que poderá ser alterado até o Dakar.

O Dakar 2013 será disputado entre Peru, Argentina e Chile e terá início em 5 de janeiro, na cidade de Lima. A chegada está marcada para 20 do mesmo mês, na capital chilena, Santiago.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube