Já na Bahia, Azevedo volta a vencer nas motos. Spinelli/Haddad triunfa nos carros na 4ª etapa do Rali dos Sertões

A quarta etapa do Rali dos Sertões teve vitória de Jean Azevedo nas motos, de Marcelo Medeiros nos quadris, de Guilherme Spinelli e Youssef Haddad nos carros e de Denisio Nascimento/Emilio Rockenbach nos UTV

O Rali dos Sertões deixou Goiás e partiu para a Bahia nesta quarta-feira (7). Foram 560 km percorridos e 362 km cronometrados, na quarta especial, a última antes do início da etapa maratona que, já nesta quinta, parte para Tocantins. 

 
Nas motos, Jean Azevedo voltou a vencer, completando a etapa em 3h22min49s. No acumulado, porém, vantagem para Gregorio Caselani, que vem com 15h09min35s. A segunda posição é de Ramon Sacilotti, 19min53s atrasado em relação a Caselani. José Helio é o terceiro.
Ramon Sacilotti no Sertões (Foto: Victor Eleuterio)
“A especial de hoje foi bem diferente dos outros dias. Ela foi extremamente rápida do início ao fim. Eu passei a atacar nos 30 quilômetros iniciais, depois passei a controlar a distância em relação ao Ramon Sacilotti, que tinha largado logo atrás. Como eu não o via, sabia que tinha colocado uma boa vantagem. Depois disso, vim em um ritmo moderado até o final”, afirmou Caselani.
 
Nos quadriciclos, os principais favoritos tiveram um bom dia na competição. Marcelo Medeiros foi o primeiro na especial, seguido por André Suguita. No geral, Diogo Zonato lidera com 17h48min48s, aparecendo quase 13min na frente de Medeiros e 1h45min na frente de Suguita. 
Cristian Baumgart e Beco Andreotti terminaram o dia em segundo na chegada a Luís Eduardo Magalhães (Foto: Marcelo Maragni)
Nos carros, a dupla Guilherme Spinelli/Youssef Haddad recuperou um pouco de terreno e faturou o estágio. Na classificação geral, a vantagem de Cristian Baumgart/Beco Andreotti ainda é bem grande: 46min48s para Lance Woolridge/Marcelo Haseyama. O terceiro posto é dos vencedores do dia.
 
“O Rali dos Sertões começa amanhã. Vamos usar a cabeça, pois temos de administrar e ao mesmo tempo acelerar forte. Será um desafio muito grande”, afirmou Baumgart, destacando as próximas etapas, que ocorrem no Jalapão.
Guiga Spinelli e Youssef Haddad venceram no quarto dia (Foto: Doni Castilho/Mitsubishi)
Nos UTV, disputa acirradíssima. Denisio Nascimento/Emilio Rockenbach foram os melhores desta quarta-feira, mas não aparecem no topo do acumulado. Lá, Bruno Sperancini/Breno Resende puxa a fila com 17h11min26s, com vantagem de apenas 9min10s para Deninho Casarini/Luis Eckel. Em terceiro, Pedro Queirolo/Gui Trombini também surge com chances.
 
Na quinta etapa do Rali dos Sertões, pilotos e navegadores seguem em direção ao Tocantins. Após deslocamento de 35,47 km, eles iniciam o trecho cronometrado, que terá 425,67 km.
 
Esta será a etapa maratona, na qual somente pilotos e navegadores podem fazer a manutenção de seus veículos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube