Kevin Benavides vence nona etapa das motos no Dakar. Price cai e abandona

O argentino completou os 465 km da especial em Neom em 4h49min15s e puxou um 1-2-3 da Honda com Ricky Brabec e José Ignacio Cornejo. Toby Price caiu e precisou ser resgatado pela equipe médica

9ª etapa – Neom – Neom
Trecho de especial:
465 km
Deslocamentos:
109 km
Trecho total:
574 km

Kevin Benavides levou a melhor na nona especial do Rali Dakar. O argentino puxou uma trinca da Honda com Ricky Brabec e José Ignacio Cornejo nesta terça-feira (12) e venceu pela segunda vez na edição 2021 da prova que acontece na Arábia Saudita.

Nesta nona etapa, os pilotos começaram margeando o Mar Vermelho, mas a trilha misturou velocidade e trechos de muita areia. A etapa em Neom é considerada uma das mais duras da edição.

Vencedor da segunda-feira, Cornejo abriu a especial pela primeira vez no ano, mas foi Toby Price quem chegou ao primeiro way point na liderança. Depois de 63 km, porém, o australiano tinha perdido 1min10s, quase a mesma perda de Joan Barreda.

Kevin Benavides tem o segundo posto na classificação do Dakar (Foto: Honda)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Na marca de 91 km, Ricky Brabec e Cornejo ditavam o ritmo da especial, enquanto Kevin Benavides vinha por perto e Price tentava recuperar o tempo perdido mais cedo.

Em uma edição já difícil para a Yamaha, as coisas pioraram ainda mais no início da etapa desta terça-feira. Com problemas de motor, Ross Branch precisou abandonar, deixando Adrien van Beveren como representante único de Iwata.

O time dos diapasões, contudo, não foi o único a sofrer um revés em Neom. Já na reta final do Dakar, a KTM perdeu um de seus astros. No km 155, Price caiu e machucou o braço e o ombro esquerdo. O australiano foi levado a um hospital em Tabuk para passar por um exame de raio-x, se incorporando à lista de abandonos de 2021.

Ao contrário de Toby, Cornejo vinha em um bom dia e tomou a liderança de Kevin por 51s. Luciano Benavides, o mais novo dos irmãos argentinos, apareceu em terceiro, seguido por Van Beveren. Brabec e Sam Sunderland pararam para socorrer Price, perdendo 20 minutos. O tempo, contudo, é sempre descontado pela organização ao fim da especial.

Cornejo manteve a liderança a seguir, mas foi superado por Benavides na marca de 239 km. Poucos quilômetros à frente, Luciano Benavides caiu, machucou o ombro e foi levado de helicóptero ao mesmo hospital para onde Price foi removido.

O irmão mais velho seguiu com ritmo forte para completar a especial em 4h49min15s, 1min18s à frente de Brabec. Cornejo acabou em terceiro, seguido por Sunderland. Adrien van Beveren fecha o top-5, escoltado por Matthias Walkner, Barreda, Lorenzo Santolino, Daniel Sanders e Skyler Howes. A espanhola Laia Sanz fez o 22º tempo.

Com o resultado, Cornejo agora tem 11min24s de vantagem para Kevin Benavides na liderança. Sunderland subiu para terceiro, à frente de Brabec, Barreda, Sanders, Howes, Santolino, Van Beveren e Pablo Quintanilla. Sanz é a 20ª.

Pelas redes sociais, a KTM confirmou que Price tem uma fratura de clavícula e vários hematomas, mas vai seguir em observação no hospital. De acordo com a equipe, o piloto está de bom humor.

Quadriciclos

Giovanni Enrico levou a melhor na disputa de quadriciclos em Neom e completou a especial com 1min30s de vantagem para Alexandre Giroud. Manuel Andujar ficou com o terceiro posto, à frente de Italo Pedemonte, Pablo Copetti, Toni Vingut, Kamil Wisniewski, Tomás Kubiena, Laisvydas Kancius e Romain Dutu.

Na classificação geral, Andujar lidera o Dakar com 19min28s de frente para Giroud. Enrico é o terceiro colocado, pouco mais de 24 minutos atrás do ponteiro. Já quase 3h atrás, Copetti é o quarto colocado.

Dakar 2021, Motos, Classificação geral após nona etapa:

1J CORNEJOHonda36:51:00 
2K BENAVIDESHonda37:02:240:11:24
3S SUNDERLANDKTM37:05:340:14:34
4R BRABECHonda37:08:260:17:26
5J BARREDA BORTHonda37:20:000:29:00
6D SANDERSKTM37:29:230:38:23
7S HOWESBas Dakar KTM37:31:250:40:25
8L SANTOLINOSherco37:33:080:42:08
9A VAN BEVERENYamaha37:53:481:02:48
10P QUINTANILLAHusqvarna38:16:401:25:40
11S SVITKOSlovnaft38:35:481:44:48
12J RODRIGUESHero38:39:031:48:03
13M MICHEKOrion38:41:591:50:59
14J BETRIUFN Speed39:23:562:32:56
15M WALKNERKTM39:27:562:36:56
20L SANZGasGas41:26:474:35:47

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube