Kubica confirma que vai disputar 4 etapas do Campeonato Europeu de Rali, incluindo rodada da Polônia

Robert Kubica vai disputar quatro rodadas do Campeonato Europeu de Rali 2013. A primeira prova será nas Ilhas Canárias, no fim deste mês

Robert Kubica anunciou nesta quinta-feira (14) que disputar quatro rodadas do Campeonato Europeu de Rali, incluindo a rodada polonesa. O piloto também confirmou o acordo de patrocínio com a petrolífera polonesa Lotos. Embora tenha recentemente testado pelo DTM — pela Mercedes —, Kubica sempre se mostrou mais próximo ao rali. Depois de sofrer um gravíssimo acidente na disputa do Rali Ronde di Andora, na Ligúria, Itália, em 6 de fevereiro de 2011 — dias depois de ter liderado a primeira semana da pré-temporada da F1 naquele ano, em Valência —, Robert deu início a um processo de recuperação que dura até hoje.

Apaixonado pelo rali, Kubica pode ser um grande nome para o futuro no WRC (Foto: Robert Kubica/Facebook)

Kubica vai pilotar um Citroën DS3 ao lado do navegador e compatriota Maciek Baran. A primeira etapa, como já havia sido confirmada, será o Rali das Ilhas Canárias, entre 21 e 23 de março. Depois, o polonês participa do Rali dos Açores, Tour de Corse e o Rali da Polônia.O piloto de 28 anos também vai correr na segunda divisão do Mundial de Rali e a primeira prova será em Portugal, entre 11 e 14 de abril.

"Eu não tenho objetivos específicos, além de aprender, aprender, aprender", disse Kubica. “O Rali é o próximo desafio para mim e tenho agora uma grande oportunidade de ganhar experiência. Competir na Polônia será como um retorno para mim, porque não corro em meu país desde os 12 anos, quando me mudei para a Itália. Será ótimo correr diante da minha torcida", completou. 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube