Liberado de hospital após acidente no Dakar, Roma se diz “triste” por abandono, mas reitera: “Estou bem, é o que importa”

Diante de tudo o que aconteceu e das lesões previamente diagnosticadas, receber alta apenas dois dias do grave acidente sofrido no Peru foi como uma vitória para Nani Roma. Embora estivesse frustrado por ter abandonado o Dakar tão precocemente, o veterano se mostrou feliz e aliviado por estar clinicamente bem

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Bicampeão do Rali Dakar, com uma vitória nas motos, em 2004, e outra nos carros, dez anos depois, Nani Roma não esperava deixar a 40ª edição da prova tão cedo, apenas na terceira etapa da competição. Com cerca de 500 metros para o fim da especial entre Pisco e San Juan de Marcona, no Peru, o espanhol capotou seu Mini, e coube ao navegador Alex Haro puxar o freio de mão para o impacto não ter sido ainda maior. 

 
E embora tivesse sido diagnosticado com lesões na cabeça e na coluna cervical, Roma foi liberado no começo da tarde desta quarta-feira (10) do hospital onde estava internado, em Lima, capital peruana.
 
Em vídeo divulgado em sua conta no Twitter, ainda na Clínica Anglo Americana, Nani Roma confirmou que está tudo bem e que não tem nada grave. Contudo, o espanhol não escondeu a frustração por ter deixado tão cedo a prova.
 
“Estamos bem, não temos nada grave, e isso é o que importa. Agora é pensar na próxima, nas próximas corridas. Vamos fazer um exame quando chegar para ver como está tudo”, declarou o piloto da Min X-Raid.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Me sinto triste. Estava sendo um Dakar muito bom para mim e difícil, do jeito que a gente gosta, mas a vida é assim, as corridas são assim, e é o que tenho de lidar agora. Dentro de pouco tempo estaremos de volta”, comentou.

 
Roma encerrou o vídeo agradecendo ao apoio que recebeu dos vários fãs ao redor do mundo. “Quero agradecer a todas as formas de carinho de todos. Foi verdadeiramente incrível. E também gostaria de agradecer à toda a equipe do Dakar por toda a ajuda”, finalizou Nani, que embarca de volta à Espanha nas próximas horas.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube