Líder do WRC, Loeb registra melhor tempo do estágio de classificação para Rali da Finlândia

Sébastian Loeb ainda é o mais rápido do WRC, apesar de pouco mais de um mês sem atividades do certame. Nada que seja novidade. O francês da Citröen registrou o melhor tempo do estágio de classificação e deu o primeiro passo para aumentar sua vantagem na liderança do campeonato de 2012

Após mais de um mês de paralisação, o WRC retomou suas atividades nesta quarta-feira (1), na Finlândia. O nome que apareceu na primeira linha da folha de tempos, porém, é o mesmo de sempre: Sébastien Loeb. O francês liderou o estágio de classificação e começou com o pé direito a oitava etapa da temporada de 2012.

Único não-escandinávio que venceu mais de uma vez na terra dos lagos, Loeb foi 0s555 mais rápido que Jari-Matti Latvala, da Ford. Companheiro do multicampeão na Citröen, Mikko Hirvonen terminou a sessão na terceira colocação, a 0s8 da melhor marca.

Sébastien Loeb liderou a primeira atividade realizada na Finlândia (Foto: Facebook)

O primeiro tempo na classificação dá a Loeb o direito de escolher onde ele quer largar nesta quinta-feira, dia dos primeiros três estágios do Rali da Finlândia, que tem como base a cidade de Jyväskylä, na região central do país.

A região pela qual a disputa passa foi atingida por fortes chuvas, e a previsão é de que as condições atmosféricas continuem instáveis nos próximos dias. Neste caso, os pilotos normalmente preferem ser os primeiros a percorrer o percurso, ao contrário do que ocorre com tempo bom.

Quatro pilotos enfrentaram problemas durante a classificação. Chris Atkinson foi o nono mais rápido, mas teve um problema na linha de partida que acabou o atrasando. Ken Block, por sua vez, viu seu motor falhar, enquanto Ott Tanak e Jari Ketomaa rodaram durante o estágio.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube