Loeb mantém diferença para Hirvonen e fica perto da terceira vitória no Rali da Finlândia

Sébastien Loeb terminou o segundo e penúltimo dia de competições do Rali da Finlândia, em Jyvaskyla, e está próximo da sua terceira vitória na prova, a sétima na temporada 2012 do WRC

Em dia amplamente dominado pela Citroën, Sébastien Loeb manteve a vantagem de 5s para Mikko Hirvonen, conquistada na manhã desta sexta-feira (3), e terminou o segundo e penúltimo dia do Rali da Finlândia ainda mais perto da vitória. A montadora francesa venceu nada menos que oito das nove especiais do dia, sempre com Loeb ou Hirvonen, os pilotos da equipe de fábrica. Apenas Petter Solberg, na 11ª especial da competição, quebrou o domínio dos gauleses, e correndo pela equipe oficial da Ford, terminou uma especial na frente em Jyvaskyla.

Loeb, contudo, entende que sua vantagem está longe de ser confortável. “Será um último dia longo amanhã e vamos ver o que nós podemos fazer. A diferença é muito pequena, e vamos lutar muito duro, mas temos de fazer isso de maneira correta”, comentou o francês, de 38 anos, em entrevista ao site do WRC.

Loeb está a um dia de conquistar sua terceira vitória no Rali da Finlândia (Foto: Citroën/Facebook)

Entre Hirvonen e seu compatriota, Jari-Matti Latvala, companheiro de Solberg na Ford, a diferença já é bastante considerável: 15s3. Correndo em casa, o número 1 da Ford vem fazendo uma prova sem problemas, situação quase que inédita na temporada. Dessa forma, o nórdico chega ao último dia do Rali da Finlândia com chances reais de subir ao pódio.

Contudo, para que alcance o top-3 correndo diante da sua torcida, Latvala terá de conter a ascensão de Petter Solberg, que não se mostra disposto a aliviar para seu companheiro de equipe. O norueguês, campeão do WRC em 2003 — último antes da dinastia Loeb — está a apenas 1s1 de Latvala e vai para as últimas especiais com condição de brigar com Jari-Matti pelo pódio finlandês.

A diferença de Solberg para Mads Ostberg, que manteve a quinta colocação, já é bastante grande: 26s3. Ainda assim, o norueguês, que corre por Ford Fiesta de equipe independente — a Adapta — segue fazendo uma competição impecável na Finlândia, só atrás das quatro maiores forças do Mundial de Rali na atualidade. Ostberg terminou o penúltimo dia de prova bem à frente do estoniano Ott Tanak, da M-Sport, sexto colocado com Ford Fiesta.

Tanak, aliás, ganhou a sexta colocação, que era de Thierry Neuville até a 11ª especial. Entretanto, o belga cometeu um erro e perdeu muitas posições, despencando para 24ª. Melhor para Jari Ketomaa. Correndo em casa, o piloto levou seu Ford Fiesta de número 17 à sétima colocação, sendo seguido pelo compatriota Matti Rantanen, que também guia um Fiesta, assim como os dois pilotos que completaram o top-10, Martin Prokop e o norte-americano Ken Block, que volta ao WRC neste fim de semana.

Depois de desempenhar uma manhã de recuperação na Finlândia, Paulo Nobre e Edu Paula caíram do 36º para o 48º lugar. Palmeirinha assumiu que cometeu um erro que acabou comprometendo a reação da dupla brasileira da Mini nesta sexta-feira.

“Demos numa pedra que foi ‘nascendo’ numa vala que foi se formando numa curva que envergou o braço que sustenta a roda. Daí para quebrar é um pulo. Larguei a SS seguinte preocupado com isso, ainda mais porque tinha um super salto que queríamos encarar. Aí, desconcentrado, escapei numa curva. Voltamos amanhã, mas é frustrante acabar um dia delicioso de rali assim. Agora é achar ânimo para amanhã, mas sou palmeirense e não desisto nunca”, escreveu o piloto e torcedor por meio de sua conta no Twitter.

O último dia do Rali da Finlândia terá seis especiais, que juntas totalizam 139,79 km de trecho cronometrado, incluindo o Power Stage — especial destinada à transmissão televisiva e que dá três pontos extras ao vencedor, dois ao segundo e um ao terceiro colocado. A prova terá fim na tarde de sábado (4), em Jyvaskyla.

WRC, Rali da Finlândia, Jyvaskyla, dia 2:
 

 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube