Rali

Loeb rejeita aposentadoria, rompe laços com Citroën e assina com Hyundai para voltar ao WRC em 2019

O que parecia inimaginável se confirmou nesta quinta-feira (13). Sébastien Loeb, eneacampeão mundial de rali, rompeu os laços de 20 anos com o Grupo PSA — Peugeot/Citroën — e assinou um acordo para disputar seis etapas do WRC em 2019 pela Hyundai. Sempre ao lado do inseparável navegador Daniel Elena

Warm Up / Redação GP, de Sumaré
Depois de praticamente 20 anos compartilhando inúmeras vitórias, nove títulos mundiais do WRC, três participações no Rali Dakar e também presenças no World Rallycross, Sébastien Loeb vai defender uma marca nova na sua laureada carreira. O lendário piloto francês de 44 anos rompeu os laços com o Grupo PSA — formado por Citroën e Peugeot — e assinou com a Hyundai um contrato de dois anos, com o compromisso de disputar seis etapas da temporada 2019 do Mundial de Rali. Uma parceria, contudo, não se dissolveu: o eneacampeão vai seguir tendo ao seu lado o inseparável navegador Daniel Elena.
 
O surpreendente movimento no Mundial de Rali foi revelado pela primeira vez pela revista britânica ‘Autosport’ e confirmado nesta quinta-feira (13) pela Hyundai e pelo piloto francês. Em sua conta no Twitter, Seb disse que o Grupo PSA não lhe ofereceu opções, seguindo suas escolhas estratégicas. “E eu não queria me aposentar agora”, escreveu.
 
No auge de uma relação sempre muito vitoriosa, em 2011, Marc Galès, diretor da PSA, afirmou que “Loeb e Citröen são como Paris e a Torre Eiffel, inseparáveis”. Pois o que era inimaginável se confirmou.
Sébastien Loeb vai defender a Hyundai ao lado de Daniel Elena em 2019 (Foto: Hyundai Motorsport)
Em comunicado publicado pela Hyundai, Loeb revelou que a vitória conquistada no Rali da Espanha, em presença esporádica no Mundial de Rali, novamente representando a Citroën, o motivou a seguir no esporte, ainda que não de maneira full time.
 
Recordistas absolutos de vitórias, com 79, e títulos mundiais, Loeb e Elena vão novamente unir forças, mas desta vez por uma nova marca, a Hyundai, que busca a glória no Mundial de Rali.
 
“Estou encantado em anunciar que Daniel e eu vamos competir em seis etapas do WRC pela Hyundai Motorsport em 2019. Vencer o Rali da Espanha reacendeu meu desejo de seguir competindo à frente no WRC. A união com a Hyundai vai nos dar um novo desafio que eu mal posso esperar para enfrentar. Fiquei impressionado com a abordagem da equipe e a sua determinação para o sucesso”, destacou o multicampeão.
 
A estreia da dupla pela Hyundai vai ser logo na primeira etapa da temporada 2019 do WRC, o tradicional Rali de Monte Carlo. Loeb e Elena vão disputar o Rali Dakar em janeiro, no Peru, por uma equipe privada, e logo embarcam para o Principado para a abertura de um novo ciclo na carreira.
 
“O anúncio de Sébastien é enormemente importante para nossa equipe e nós estamos muito felizes por ele ter fechado um contrato de dois anos. Fechar um acordo com alguém do seu imenso talento e calibre mostra que nós somos uma proposta atraente e competitiva no WRC”, declarou Michel Nandan, chefe de equipe da Hyundai.
 
Além de Loeb, a Hyundai vai ter como pilotos Thierry Neuville, vice-campeão nas três últimas temporadas, Andreas Mikkelsen, e Dani Sordo, que vai disputar oito das 14 etapas no ano que vem. Há ainda negociações para a participação de Hayden Paddon em algumas provas em 2019.