López Contardo vence segunda especial, mas Varela e Gugelmin mantém ponta do Dakar nos UTVs

Francisco 'Chaleco' López Contardo conseguiu vencer logo a segunda especial do Rali Dakar 2019, a primeira em que ele compete nos UTVs. O chileno, que tem Álvaro Juan Quintanilla como navegador, liderou por mais da metade do dia e fechou 19s à frente dos líderes da classificação geral, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin

2ª etapa – Pisco – San Juan de Marcona 
Trecho de especial: 342 km
Deslocamentos: 212 km
Trecho total: 554 km
 

A segunda especial – primeira mais longa – do Rali Dakar 2019 foi realizada nesta terça-feira (8) e contou com um vencedor diferente nos UTVs. Francisco López Contardo, o 'Chaleco', que tem como navegador Álvaro Juan Quintanilla, completaram a etapa entre Pisco e San Juan de Marcona em 4h09min47s. A dupla chilena tomou a liderança antes da metada da especial e foi controlando a ponteira até o fim.

 
Na realidade, Contardo e Quintanilla passaram na waypoint #4 – eram oito – na quarta colocação, 13s atrás dos líderes daquele momento, os novatos portugueses Ricardo Porem e Jorge Monteiro. Ali, entretanto, assumiram a ponta e viraram no waypont #5 com vantagem de 27s. 
 
A diferença aumentou nos pontos de checagem seguintes, a ponto de virar o #7 com 2min55s de frente. Mas foi a dupla atual campeã e que liderou o primeiro dia de disputa, a formada por Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, quem apareceu para incomodar. Mesmo terceiros no último waypoint, cruzaram a chegada somente 19s atrás dos rivais que utilizam o mesmo equipamento, da Can-Am.
Francisco 'Chaleco' López (Foto: Red Bull Content Pool)

Sergey Kariakin/Anton Vlasiuk completou na terceira colocação, apenas 1min51s atrás. Os veteranos Gérard Farres Guell/Daniel Oliveras Carrera, na quarta colocação, 4min22s mais lentos. 

 
A quinta posição ficou para mais uma dupla brasileira, Marcos Baumgart e Kléber Cincea, que passaram 6min17s atrás em mais um dia entre os primeiros colocados. O outro representante brasileiro no top-10 foi o navegador Lourival Roldan, que anda junto do piloto português Miguel Jordão, em décimo.
 
Após Baumgart/Cincea, três duplas chilenas. Rodrigo Javier Piazzoli/Gabriel Díaz, os experientes Ignácio Casale/Americo Aliaga e Hernán Garcés/Juan Pablo Latrach ainda ficaram à frente de Porém/Monteiro e Jordão/Roldan.
Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin (Foto: André Chaco/photosdakar.com)

Varela e Gugelmin ainda lideram na classificação geral e contam com 1min08s de frente para Contardo e Quintanilla. O terceiro posto é de Kariakin e Vlasiuk, enquanto Baugart e Cincea ocupam o sexto posto, com desvantagem de 10min53s. Christian Baumgart e Alberto Andreotti, que fecharam o estágio no 15º lugar, estão no 16º posto geral, 49s22s atrás dos ponteiros. 

 
A terceira especial, marcada para a quarta-feira, vai mandar os competidores de San Juan de Marcona para Arequipa.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube