Rali

Maior campeão mundial de rali e estreante no Dakar, Loeb dá cartão de visitas e vence primeira especial entre carros

Sébastien Loeb mostrou que não perdeu a mão dos carros de rali e dominou a primeira especial do Dakar 2016. Passou liderando nos dois postos de controle antes de confirmar a vitória em Termas do Río Hondo. Stéphane Peterhansel ficou com a segunda colocação, enquanto Guilherme Spinelli ficou com o 18º lugar

Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
Na primeira especial do Rali Dakar 2015, Sébastien Loeb já se jogou à frente dos carros e venceu para sair na liderança da competição. O multi-campeão mundial de rali está apenas em sua primeira participação no Dakar, mas mostra que será um candidato bastante duro na disputa pela vitória.
 
Depois das fortes chuvas do domingo no norte da Argentina obrigarem a organização a cancelar a especial inaugural do Dakar, também forçaram uma mudança no trecho cronometrado desta segunda-feira (4). O trecho que anteriormente teria 510km entre as cidades de Villa Carlos Paz e Termas de Río Hondo – precisou ser alterado para 387km.
 
Loeb não deixou dúvidas. Foi ele próprio quem passou na liderança da especial nos dois primeiros pontos de controle antes de aparecer como vencedor no final em 3h45min46s. O estágio terminou com uma dobradinha da Peugeot, já que Stéphane Peterhansel ficou com o segundo posto, 2min23s atrás.
Sébastien Loeb e Daniel Elena venceram a primeira especial (Foto: Eric Vargiolu/DPPI)
Outro nome forte do Dakar e terceiro membro do time da Peugeot - além de pai de Carlos Sainz Jr, piloto da Toro Rosso na F1, Carlos Sainz teve sorte digno do filho e sofreu com problemas no motor. Foram mais de 12 minutos parados por conta disso. Ele encerrou a etapa com o 14º posto geral.
 
Pilotos da Toyota, Vladimir Vasilyev e Giniel de Villiers ficaram com as posições três e quatro a 2min38s e 3min01s, respectivamente. Mikko Hirvonen, agora aposentado do WRC e outro estreante no Dakar, ficou com a quinta colocação - melhor da Mini. 
 
Mais dois favoritos, Cyril Despres e Masser Al-Attiyah, ficaram com a sétima e oitava colocações, chegando a 3min49s e 3min50s do Loeb. A dupla brasileira da Mitsubishi formada por Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, terminou na 18ª colocação a 13min48s da liderança.
 
Se tudo der certo, os competidores rumam de Termas do Rio Hondo para Jujuy nesta terça-feira num percurso de 663 km com 314 de trecho cronometrado. 

Rali Dakar, Carros, Villa Carlos Paz - Termas do Río Hondo:

1 314 SÉBASTIEN LOEB
DANIEL ELENA
FRA TEAM PEUGEOT
PEUGEOT
3:45:46  
2 302 STÉPHANE PETERHANSEL
JEAN-PAUL COTTRET
FRA TEAM PEUGEOT
PEUGEOT
3:48:09 02:23
3 307 VLADIMIR VASILYEV
KONSTANTIN ZHILTSOV
RUS G ENERGY
TOYOTA
3:48:24 02:38
4 301 GINIEL DE VILLIERS
DIRK VON ZITZEWITZ
RSA TOYOTA SOUTH AFRICA
TOYOTA
3:48:47 03:01
5 315 MIKKO HIRVONEN
MICHEL PÉRIN
FIN X-RAID
MINI
3:48:51 03:05
6 319 LEEROY POULTER
ROBERT HOWE
RSA TOYOTA SOUTH AFRICA
TOYOTA
3:49:06 03:20
7 322 CYRIL DESPRES
DAVID CASTERA
FRA TEAM PEUGEOT
PEUGEOT
3:49:46 04:00
8 300 NASSER AL-ATTIYAH
MATTHIEU BAUMEL
CAT X-RAID
MINI
3:50:04 04:18
9 329 MARTIN PROKOP
JAN TOMÁNEK
CZE OVERDRIVE
TOYOTA
3:50:11 04:25
10 311 BERNHARD TEN BRINKE
TOM COLSOUL
HOL OVERDRIVE
TOYOTA
3:50:48 05:02
 


PADDOCK GP EDIÇÃO #11: ASSISTA JÁ