Na 11ª etapa do Dakar, competidores seguem pelo Deserto do Atacama para encarar dunas de Copiapó

Rali Dakar chega nesta quinta-feira (16) a sua 11ª especial, onde os competidores vão encarar um trecho cronometrado de 605 km. No caminho para El Salvador, a caravana segue pelo Deserto do Atacama e terá de encarar as dunas de Copiapó

As imagens do décimo estágio do Rali Dakar 2014

11ª etapa
Antofagasta (CHI) – El Salvador (CHI)
Deslocamento: 144 km
Trecho cronometrado: 605 km
Percurso total: 749 km
 
A edição 2014 do Rali Dakar chega nesta quinta-feira (16) a sua 11ª etapa. No caminho para El Salvador, no Chile, a caravana segue viagem pelo Deserto do Atacama e no trecho cronometrado de 605 km, os pilotos terão de enfrentar as dunas de Copiapó.
 
No percurso desta especial, os pilotos de moto, por exemplo, devem passar 7h no trajeto. Estágio chave da competição, o trecho cronometrado começa em um terreno de pedras, quando terão de deixar para trás pistas de minas e rios, antes de chegarem a um longo trecho de dunas. Antes da chegada em El Salvador, os pilotos serão novamente desafiados pelas pedras no caminho.
11ª especial será um momento chave do Dakar (Imagem: Reprodução)
Com dez estágios disputados, Marc Coma tem a liderança entre as motos, com 44min24s de vantagem para Joan Barreda. Jordi Viladoms aparece em terceiro. Nos quadriciclos, Ignacio Casale lidera, à frente de Sergio Lafuente e Rafal Sonik. 
 
Entre os carros, a liderança é da dupla formada por Nani Roma e Michel Perin, mas Stéphane Peterhansel e Jean-Paul Cottret conseguiram se aproximar bastante nos últimos dias e agora têm a chance de passar o rival, já que a diferença é de apenas 2min15s.
 
Na disputa entre os caminhões, o trio formado por Gerard de Rooy, Tom Colsoul e Darek Rodewald tem 7min55s de vantagem para Andrey Karginov, Andrey Mokeev e Igor Devyatkin.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube