Rali

Neuville aproveita pneu furado de Evans, vence Rali da França e assume liderança do WRC

Elfyn Evans entrou no estágio final como líder do Rali da França, mas perdeu tempo com um pneu furado e caiu para a terceira posição. Thierry Neuville tirou proveito, venceu a etapa e assumiu a liderança do mundial

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
Thierry Neuville foi o grande vencedor no Rali da França, que terminou na manhã deste domingo (31). O inglês Elfyn Evans chegou no estágio final da etapa do Mundial de Rali com uma liderança de 11s sobre Neuville, mas tudo mudou por conta de um pneu furado. Evans perdeu um minuto com o contratempo e cedeu a vitória ao belga, que fecha como líder do Mundial.

Neuville fez um grande esforço no último estágio e teve a vitória com 40s de vantagem sobre Sébastien Ogier. O atual campeão mundial não venceu estágios no rali, mas ficou com a segunda colocação. Ogier revelou problemas com a suspensão e configuração do Citroën, mas conseguiu se livrar dos problemas para chegar em segundo, na frente de Evans, que completou o pódio.
Neuville, Ogier e Evans subiram ao pódio na França (Foto: Reprodução/Twitter)
Ott Tänak começou a etapa como líder do WRC, mas um furo de pneu no sábado custou dois minutos. A consequência foi fechar o Rali da França na sexta colocação, atrás do espanhol Dani Sordo e do finlandês Teemu Suninen. Com o resultado, Tänak caiu para a terceira posição no campeonato.

Eneacampeão mundial, Sébastien Loeb teve uma prova problemática desde o sábado, quando danificou o braço de direção do carro ao passar por uma zebra. Ele acabou rodando no sábado, mas tentou recuperar o tempo perdido e conseguiu terminar em oitavo.

A próxima etapa do WRC acontecerá entre os dias 25 e 28 de abril, em Córdoba, na Argentina. Neuville assumiu a liderança do campeonato com 82 pontos, seguido por Ogier, com 80, e Tänak, com 77.