Nikolaev puxa dobradinha da Kamaz em Buenos Aires e conquista segundo título nos caminhões no Rali Dakar

O russo Eduard Nikolaev venceu o estágio final do Rali Dakar 2017 neste sábado (14) e, com isso, conquistou seu segundo título entre os caminhões. O #505 ainda puxou uma dobradinha da Kamaz, com o compatriota Dmitry Sotnikov, na segunda colocação

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Rali Dakar 2017, 12ª etapa
Río Cuatro (ARG) – Buenos Aires (ARG)
Trecho cronometrado: 64 km
Trecho total: 786 km
 

Eduard Nikolaev conquistou seu segundo título entre os caminhões no Rali Dakar neste sábado (14), dia final de competições. O piloto ainda puxou a dobradinha da Kamaz com Dmitry Sotnikov, se colocou na segunda posição na classificação final.

 
Nikolaev, que ganhou seu primeiro Dakar em 2013, se mostrou bastante regular na prova deste ano e passou boa parte das etapas sempre no top-3. Depois de liderar o terceiro estágio, o piloto russo caiu de posição e foi superado por Sotnikov e Gerard de Rooy. O holandês, na verdade, comandou a primeira semana do rali, mas também perdeu performance para a Kamaz e ainda sofreu com problemas de navegação na décima especial.
 
Aí Sotnikov liderou novamente por dois dias, mas Nikolaev se colocou mais forte nas etapas 10 e 11, abrindo uma vantagem de 17 minutos antes do estágio final deste sábado, quando a caravana deixou Río Cuatro em direção a Buenos Aires. 
Campeão em 2013, Eduard Nikolaev repetiu o efeito nesta edição do Dakar (Foto: Red Bull Content Pool)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
O dono do Kamaz #505 venceu a especial final por uma pequena diferença de 33s para os também colegas de equipe, Ayrat Mardeev, Aydar Belyaev e Dmitriy Svistunov. A terceira posição na etapa ficou com os argentinos da Iveco, Federico Villagra, Adrian Arturo Yacopini e Ricardo Adrian Torlaschi. 

 
Na tabela geral, Nikolaev terminou o Dakar 2017 com a marca de 27h58min24s, 18 minutos à frente de Sotnikov, que obteve neste ano seu melhor resultado na competição. De Rooy ficou com o terceiro posto, seguido por Villagra e Mardeev.

Rali Dakar 2017, classificação geral, Caminhões:

1 505 EDUARD NIKOLAEV
EVGENY YAKOVLEV
VLADIMIR RYBAKOV
RUS KAMAZ MASTER
KAMAZ
27:58:24  
2 513 DMITRY SOTNIKOV
RUSLAN AKHMADEEV
IGOR LEONOV
RUS KAMAZ-MASTER
KAMAZ
28:17:22 00:18:58
3 500 GERARD DE ROOY
DAREK RODEWALD
MOISES TORRALLARDONA
HOL PETRONAS TEAM
IVECO
28:39:43 00:41:19
4 502 FEDERICO VILLAGRA
JORGE PEREZ COMPANC
ANDRES MEMI
ARG TEAM DE ROOY
IVECO
28:58:28 01:00:04
5 501 AIRAT MARDEEV
AYDAR BELYAEV
DMITRY SVISTUNOV
RUS KAMAZ MASTER
KAMAZ
30:25:14 02:26:50
6 522 ALEKSANDR VASILIEV
DZMITRY VIKHRENKA
ANTON ZAPAROSHCHANKA
BLR MAZ
MAS
30:33:21 02:34:57
7 503 ALES LOPRAIS
JIRI STROSS
JAN TOMANEK
TCH TATRA BUGGYRA
TATRA
31:05:20 03:06:56
8 516 TEHURITO SUGAWARA
HIROYUKI SUGIURA
JAP HINO TRUCKS
HINO
31:17:00 03:18:36
9 504 HANS STACEY
HUGO KUPPEN
JAN VAN DER VAET
HOL EUROL/VEKA MAN
MAN
31:43:20 03:44:56
10 518 MARTIN MACIK
FRANTISEK TOMASEK
MICHAL MRKVA
TCH BIG SHOCK RACING
LIAZ
31:53:04 03:54:40
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube