Peterhansel administra vantagem nos carros, termina em quarto na última etapa e vence Sertões

Stephane Peterhansel travou um duelo equilibrado com Guilherme Spinelli nos primeiros dias de competição, mas mostrou a que veio em sua estreia no Rali dos Sertões na semana final, controlou a vantagem que havia conquistado e faturou seu primeiro título na competição

Etapa 10

Iguatu (CE) – Fortaleza (CE)
Deslocamento Inicial: 184 km
Trecho de Especial: 103 km
Deslocamento Final: 170 km
Total: 457 km

Em sua primeira participação no Rali dos Sertões, Stephane Peterhansel começou tendo dificuldades e fazia um duelo equilibrado com Guilherme Spinelli, mas o francês, dez vezes campeão do Dakar, mostrou a que veio e, nas últimas etapas, vinha aumentando a vantagem para o brasileiro e chegou ao final praticamente com a vitória garantida, com 24min03s para seu principal concorrente. Administrando a vantagem, o piloto e seu navegador Jean-Paul Cottret chegaram na quarta colocação e ficaram com a vitória na histórica 20ª edição da competição.

Peterhansel sagrou-se campeão do Rali dos Sertões em 2012 nos carros (Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena)

A vitória da etapa ficou com Riamburgo Ximenes, que completou o percurso entre Iguatu e Fortaleza em 1h15s40s, pouco mais de um minuto à frente de Spinelli, o segundo colocado no dia. José Antônio Franciosi, Peterhansel e Marcos Moraes completaram os cinco primeiros colocados do último dia de competições, que começou no Maranhão e percorreu mais de quatro mil quilômetros pelo nordeste brasileiro.

Satisfeito com a nova conquista, Peterhansel já sonha em voltar e disputar a competição novamente. "Foi uma prova muito positiva, vários quilômetros sem nenhum problema com o carro. Um ótimo teste para o Dakar, ótimo treinamento. Se for possível voltar, com certeza será um prazer. Ainda mais agora que conheço melhor sobre a prova”, falou o francês.

Spinelli completou a competição na segunda posição (Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena)

No tempo total de prova, Peterhansel ficou com 26h06s53 e acabou o Rali dos Sertões com mais de 23 minutos de vantagem para Spinelli, que acabou com o vice-campeonato. Ximenes, Felipe Bibas e Moraes fecharam os cinco melhores colocados ao final de dez etapas disputadas, sendo duas especiais.

Vice-campeão, Spinelli ficou feliz com a posição, atrás apenas de uma das lendas do automobilismo mundial. "Essa edição do rali foi fantástica. Sempre venho pra vencer, mas esse ano quem venceu foi o melhor do mundo [Stephane Peterhansel]. Só o fato de conseguir disputar contra ele já me deixa satisfeito", afirmou Spinelli.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube