Peterhansel diz que Alonso erra ao correr com Coma: “Não é navegador”

Stéphane Peterhansel falou sobre as aventuras de Fernando Alonso no mundo do rali. O francês destacou o talento do espanhol, mas ressaltou o erro ao escolher Marc Coma como navegador

Stéphane Peterhansel comentou sobre a estreia de Fernando Alonso no mundo dos ralis. Ressaltando a velocidade do espanhol, reconheceu que a escolha de Marc Coma como navegador não foi das mais acertadas.
 
No início do mês, o bicampeão de Fórmula 1 correu o Rali do Marrocos. Com problemas durante a etapa, como uma punição de 70 horas, terminou na 26ª colocação, enquanto Giniel de Villiers foi o grande vencedor.
 
Já o francês ficou com a quarta colocação e, ao lado da experiente esposa Andrea, conseguiu o título mundial de rali cross-country. “Que [Alonso] tem uma sensação de velocidade está fora de discussão, mas vai precisar de tempo para aprender”, disse o piloto.
Fernando Alonso estreia nos ralis neste fim de semana ao lado de Marc Coma (Foto: Toyota)

“No Marrocos, teve muito esforço, também porque acredito que cometeu o erro de correr com Marc Coma ao seu lado. Marc foi um grande piloto, mas não é navegador puro, que é o que Alonso precisa para aprender”, seguiu.
 

“Basta dizer que durante todo o rali sofreram 24 furos no pneu, porque ainda não descobriram quão rápido podem correr em um terreno pedregoso. Eu, ao contrário, apenas para fazer uma comparação, nunca sofri um furo”, completou.
 
Peterhansel ainda falou sobre como é ter a própria esposa como navegadora, destacando que “todos disseram que correr juntos iria destruir nossa relação. Mas ao contrário, somos mais fortes do que antes”, encerrou.
 

Paddockast #37
GRANDES RIVALIDADES INTERNAS 

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube