carregando
Rali

Peterhansel se torna quarto vencedor diferente do Dakar 2020 nos carros. Sainz lidera

O quarto dia do Dakar teve seu quarto vencedor diferente nos carros. Nesta quarta-feira (8), Stéphane Peterhansel foi quem ganhou a especial mais longa até o momento, mas é Carlos Sainz quem mantém a liderança na classificação geral

Grande Prêmio / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
4ª etapa – Neom – Al Ula
Trecho de especial: 453 km
Deslocamentos: 233 km
Trecho total: 676 km

Já se foram quatro dias de rali e a edição 2020 do Dakar teve seu quarto vencedor diferente entre os carros. Nesta quarta-feira (8), Stéphane Peterhansel brilhou no trajeto entre Neom e Al-‘Ula para terminar a especial com a vitória.
 
Os pilotos enfrentaram um verdadeiro desafio na especial. A maratona foi a mais longa cronometrada até o momento, com 453 quilômetros separados por 80 quilômetros de zona neutralizada. O francês completou todo o percurso em 4h04min34s.
 
Na largada, o 13 vezes campeão do rali mais famoso do mundo saiu na sexta colocação, mas cruzou a linha de chegada na terceira colocação e teve o tempo mais veloz de todos. Enquanto isso, seu companheiro Carlos Sainz acabou perdendo cerca de 4min nos últimos 100 quilômetros do dia.
 
Melhor para Nasser Al-Attiyah, que terminou a quarta-feira no Dakar na segunda posição. O catari chegou a receber uma sanção no dia anterior de 3min, começando com uma desvantagem de 8min na quarta etapa.
Carlos Sainz segue na liderança (Foto: Red Bull Content Pool)
Entretanto, conseguiu terminar o dia à frente de Carlos, tirando quase 5min de seu adversário direto e surgindo na segunda colocação com um pequeno atraso de 3min para o ponteiro entre os carros. No quinto dia, o catari pode ter a chance de virar o jogo, já que vai sair na frente do espanhol.
 
Com a vitória no quarto dia do rali, Peterhansel foi catapultado para a terceira colocação geral, atrás apenas dos campeões do Dakar. Quem aparece na quarta colocação é Orlando Terranova, com Yazeed Al-Rajhi encerrando o rol dos cinco mais velozes da classificação.
 
Al-Rajhi chegou a começar bem o dia sendo o mais veloz na primeira parte do especial, mas viu seu dia terminar com 11min30s mais lento que Stéphane. Mesmo assim, foi suficiente para bater Terranova por 3s na classificação geral.
 
Enquanto isso, Mathieu Serradori segue ocupando a vaga de grande surpresa da edição de 2020. Mantendo o bom ritmo, terminou o dia na quinta colocação para se manter na sexta posição geral e se colocando mais veloz que Giniel de Villiers e Bernhard tem Brink, que fecham o top-8.
 
Quem não teve seu melhor dia foi Fernando Alonso. Após ser recuperar do grande revés que havia sofrido, o bicampeão da Fórmula 1 não conseguiu extrair o máximo da estratégia, terminando a especial com 26min de atraso para Peterhansel, sendo o 13º. Na geral, aparece no 19º posto.
 
Paddockast #46
OS 10 MELHORES PILOTOS DA DÉCADA


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.