Rali

Piloto da Husqvarna, Renet se acidenta em San Salvador de Jujuy, sofre traumatismo craniano e perde consciência

Titular da Husqvarna, Pierre Alexandre Rebet sobreu um acidente no km 400 da especial e foi levado a um hospital em San Salvador de Jujuy após perder a consciência por conta de um ferimento traumático no cérebro. Piloto francês foi amparado por Laia Sanz até a chegada do socorro médico
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Pierre Alexandre Renet (Foto: Husqvarna)
A edição 2016 do Rali Dakar chegou ao fim para Pierre Alexandre Renet. O piloto da Husqvarna sofreu um acidente nesta quarta-feira (6), durante a especial em San Salvador de Jujuy, e foi levado a um hospital local após perder a consciência.
 
Pela, como o piloto francês é conhecido, havia feito um excelente início de prova e chegou a passar pelo CP1 na quarta colocação. No km 400, entretanto, o #51 se acidentou e foi amparado por Laia Sanz até a chegada do socorro médico.
Pierre Alexandre Renet foi levado para o hospital após acidente em Jujuy (Foto: Husqvarna)
De acordo com a organização da prova, Renet sofreu um ferimento traumático no cérebro, que resultou na perda de consciência. Ainda não há maiores informações sobre o estado do piloto.
 
 Primeira a chegar ao local do acidente, Sanz tentou acionar o socorro, mas teve problemas com o sistema de localização. A espanhola, então, permaneceu com o rival até a chegada do socorro.
 
“Me assustei muito quando encontrei Pela estirado no caminho. No primeiro momento, temi pelo pior”, contou Laia. “Eu tentei avisar a organização, mas o Iritrack não funcionava. Eu ouvia a organização, mas eles não me ouviam. Depois de várias tentativas, liguei do meu telefone para Alex Doringer, meu chefe de equipe, para que ele desse o alerta e, pouco depois, o helicóptero médico chegou e o removeu. Mas em todo esse processo passou mais de meia hora”, explicou.
 
“No começo do dia, Pela tinha me passado e isso acabou sendo bom para mim, porque o segui e isso me fez mais rápida”, lembrou. “Eu passei David Casteu e Iván Cervantes. Estava há 1min30s de Pela até que o encontrei”, relatou.
 
“Quando voltei para a corrida, fui mais lenta, porque quando você encontra um acidente deste tipo, o corpo trava”, completou.

Chefe da Husqvarna, Daniel Trauner afirmou que os exames feitos em Renet não revelaram fraturas.
 
“Infelizmente, Pela caiu hoje”, lamentou. “Ele passou por exames e avaliações, e não há ossos fraturados”, completou. 

VIU ESSA? CHINESA PERDE CONTROLE E ACERTA PÚBLICO NO DAKAR