Por 1s, Zanol bate Jean Azevedo na primeira etapa Maratona e segue líder do Sertões nas motos

Felipe Zanol venceu nesta terça-feira (21) a sua segunda etapa no Rali dos Sertões. O feito ganhou ainda mais importância por ter sido a primeira Maratona da prova, entre Bacabal e Barra do Corda, no Maranhão

Etapa 3

Bacabal (MA) – Barra do Corda (MA): etapa Maratona
Deslocamento inicial: 106 km
Trecho cronometrado: 149 km
Deslocamento final: 19 km
Total percorrido: 274 km

A primeira etapa Maratona do Rali dos Sertões, disputada nesta terça-feira (21), foi bem diferente dos dois primeiros dias de prova. Saíram a areia fofa e as dunas e, em seu lugar, apareceram o chão duro, cascalho, piçarra e mais poeira. Apenas um detalhe não mudou: Felipe Zanol segue soberano na disputa das motos.

Depois de encarar 149 km de trecho cronometrado entre as cidades maranhenses de Bacabal e Barra do Corda, o mineiro, piloto da equipe oficial da Honda, marcou 2h06min25s, ficando apenas 1s à frente de Jean Azevedo, que depois de dois dias bem difíceis conquistou um bom resultado no Sertões 2012.

Felipe Zanol segue líder absoluto nas motos após a terceira etapa do Rali dos Sertões (Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena)

Dário Júlio Souza, companheiro de equipe de Zanol na Honda, também vem mantendo o ótimo desempenho exibido desde a abertura do Sertões 2012 e garantiu o terceiro melhor tempo da especial, sendo apenas 10s mais lento em comparação a Jean Azevedo. Mais atrás, Nielsem Bueno, da Brasil Moto Tour, e Ricardo Martins, da Spirit Rally Team, ambos guiando motos Honda, completaram a relação dos cinco mais rápidos.

A etapa Maratona oferece dificuldade ainda maior para os pilotos, que consideram o início do Rali dos Sertões 2012 como o mais difícil da história da prova, que completa 20 anos. Nesta temporada, serão duas etapas Maratona: a terceira, nesta terça-feira, e a sexta, entre Palmas e Alto Parnaíba. Pela configuração da prova, não é permitido que as equipes de apoio façam qualquer tipo de manutenção nos veículos, que ficam em um parque fechado logo após o encerramento da especial.

A etapa foi marcada também por dois acidentes. Thomas Hahn sofreu um acidente no nono quilômetro da especial, mas passa bem. Hahn está fora da etapa de hoje, assim como Luciano Nunes, que sofreu uma queda no km 49 rumo a Barra do Corda.

Dário Júlio Souza, companheiro de Zanol na Honda, manteve a segunda posição após a primeira etapa da Maratona (Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena)

Alex Denker também sofreu uma queda durante a etapa Maratona rumo a Barra do Corda. O dono da moto 57 foi removido de helicóptero para um hospital de São Luís. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

Zanol ampliou de maneira significativa sua vantagem na liderança do Rali dos Sertões, o terceiro da sua carreira. Agora o mineiro tem 7h05min51s de tempo total de prova, contra 7h16min16s de Dário Júlio, segundo colocado. Nielsem Bueno e Ike Klaumann, piloto da Husqvarna Speed Brain, aparecem em terceiro e quarto, respectivamente. Jean Azevedo fecha o top-5, mas já bem distante de Zanol. O paulista da equipe Avante tem 7h33min45s de tempo total de prova.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube